2

Buraco negro é um corpo celeste que apresenta uma massa imensa concentrada em um espaço muito pequeno. É como se fosse a massa da Terra concentrada em uma bolinha de gude. Além disso, sua força gravitacional faz com que ele tenha a capacidade de engolir tudo o que passa perto dele. E o que isso tem a ver com as redes sociais? Vamos conferir!?


Da mesma forma que os buracos negros, as redes sociais ocupam um espaço muito pequeno, equivalente a tela de um celular ou notebook, porém concentram um gigantesco volume de informações, capazes de abduzir um ser humano por horas e horas. Porém, ao ser atraído por esse buraco, quem define as coordenadas da trajetória é você.

Determinar a rota parece fácil, mas na verdade não é. A tarefa é desafiadora porque hoje há muita informação, muita facilidade para produzir e consumir conteúdo e pouca sabedoria para usar, então fica fácil se perder diante de um universo de assuntos, vídeos, imagens, textos, etc.

Dicas para não se perder nesse buraco:

  1. Foco. Tenha claro em mente aquilo que busca, assim serás capaz de se direcionar para o que quer, sem se perder no universo de informações disponibilizadas nas redes sociais.
  2. Analise sites, canais e autores dos seus temas de interesse. Há muito conteúdo, mas tem que saber separar o joio do trigo, afinal nem todo conteúdo é verdadeiro e nem tudo é de qualidade, por isso é importante ter senso crítico para não sair acreditando em tudo que ver pela frente, ainda mais na era das fake news.
  3. Escolha 3 desses sites/canais/autores para consulta direta e permanente sobre seus temas de interesse.

Faça das redes sociais seu foguete

Quando o assunto é aprendizado e administração do tempo, as redes sociais podem ser um buraco negro, que te engole, ou um foguete, que te faz ir além. É você quem determina se elas vão desempenhar um ou outro papel na carreira e no universo do conhecimento.

Por exemplo, as vantagens de ter uma conta no Linkedin é se conectar a outros profissionais, encontrar vagas, trocar experiências profissionais e, principalmente, se fazer conhecido por headhunters. Só que as vagas disponibilizadas nele são mais adequadas aos profissionais com experiência.

Para quem está se inserindo no mercado de trabalho, o foco deve ser fazer o nome brilhar na rede e buscar networking com pessoas da área de interesse. Sendo assim, usar o Linkedin requer estratégia.

No Instagram, os estudantes de engenharia encontram páginas de qualidade com conteúdo técnico e dicas sobre o mercado de trabalho.

E para finalizar, o suprassumo: os canais dos professores do YouTube. Esses dão a oportunidade de aprender gratuitamente e muitas vezes com uma didática muito melhor do que aquele professor que temos em sala e você ainda pode ver e rever quantas vezes quiser.

São gravações de 5 a 30 min de puro conhecimento. Se não entendeu alguma coisa é só voltar o vídeo. Só que ouvir apenas não basta! Tem que anotar as informações e revisar, então tenha papel e caneta na mão e não se esqueça de anotar a fonte.

Canais do YouTube e sites com conteúdo de engenharia:

  • Boa notícia para os calouros: cálculo 1 fica fácil com a ajuda desses dois:
  1. Ferreto Matemática (limites e derivadas): https://www.youtube.com/watch?v=DkCHV5Kbx4o&t=1s
  2. Equaciona (Integrais): https://www.youtube.com/watch?v=jQI0bsCtdws&list=PLEfwqyY2ox86LhxKybOY3_IG-7R5herLC
  • Esses são voltados para os Engenheiros Metalúrgicos e de Materiais:
  1. Transformação de fase com o Ph.D. Rangel: https://www.youtube.com/c/PauloRangelRios/playlists
  2. Bases de Estruturas Cristalinas: bdec.dotlib.com.br
  • Para busca de artigos internacionais:
  1. O acesso a esse site é válido para os alunos das instituições públicas de ensino: http://www-periodicos-capes-gov-br.ezl.periodicos.capes.gov.br/index.php?
  2. http://en.paper.edu.cn/

Essas foram algumas dicas para usar redes sociais em seu favor e não ser uma vítima das mesmas!


Lílian Barros da Silveira
Engenheira e mestre em Engenharia Metalúrgica pela Universidade Federal Fluminense. Possui treinamento na área de ensaios não destrutivos e inspeção de equipamentos. Foi consultora na Empresa Júnior Pulso Consultoria. Estagiou no setor de siderurgia e é atuante no mercado financeiro. Administradora do Instagram @Engenharia_Integral. É de Volta Redonda/ RJ. Adora ler, tem a meditação como um hábito e a corrida como prática esportiva.

    Agricultura e Redes Sociais: Nada a ver!

    Previous article

    Alavancando a imagem e escalando negócios através das Redes Sociais

    Next article

    You may also like

    2 Comments

    1. […] para ativar sua criatividade, procure seguir nas redes sociais, pessoas que desenvolvam esse tipo de método, assim você virará expert em mapas e motivará seu […]

    2. […] “Não se pode ensinar tudo a alguém. Pode-se apenas, ajudá-lo a encontrar por si mesmo.” GALILEU GALILEI […]

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    More in Colunistas