ColunistasDestaqueDicas

Acredite, o mundo não vai mudar.

15

Se você ainda acha que as coisas vão mudar, você está atrasado!

É isso mesmo, o mundo não vai mudar, o Brasil não vai mudar e por fim São Paulo não vai mudar. Eles já mudaram, aceite isso e vire essa página, esse debate já faz parte do passado.

E isso não é apenas minha ansiedade, é a realidade. Se já vivíamos em um período aonde a transformação contínua era uma realidade, posso afirmar a vocês que hoje ela é uma necessidade.

Como engenheiro e com uma certa experiência na relação com diversos segmentos da engenharia, agronomia e demais profissões da área tecnológica, garanto que seremos os mais afetados com tudo isso, mas quem vai escolher se isso será bom ou ruim é você. Sim, você. Você pode escolher entre aceitar as mudanças ou lutar contra elas, entende-las ou ignora-las, encontrar soluções ou se prender em problemas (por mais que problemas sejam importantes, mas falaremos sobre eles no futuro) resumindo, a escolha é única e exclusiva de cada um, entre deixar essa onda te afogar, ou aproveitar o momento e realmente aprender a navegar. Como diz o ditado, ‘’mar calmo não faz marinheiro bom’’.

Diante de todo esse cenário, não estou aqui para dar conselho, muito menos determinar nenhum caminho a ser seguido, como se soubesse a receita para o tão almejado sucesso, venho apenas compartilhar experiências e trazer alguns aprendizados que a vida me proporcionou com os erros que já cometi e também alguns acertos ao longo desses quinze anos de profissão e muita história pra contar.

A característica dessa transformação digital que está em curso, suas consequências para o mercado, os desafios que ela demandará da engenharia, o que a próxima geração de profissionais deverá saber para atender as necessidades do mercado de trabalho, como os cursos de engenharia terão que se adaptar ao novo, como implementar metodologias ágeis na engenharia, startups, plataformas, equipes multidisciplinares, inovação, empreendedorismo e outros conceitos atuais serão as pautas de nossas conversas. O objetivo é ajudar você a montar seu próprio unicórnio, porque não?

Trazer as boas e principais iniciativas em andamento, aonde é que elas estejam acontecendo, para perto do profissional, vem sendo um desafio pessoal nos últimos anos, ouvir passou a ser mais importante do que falar, entender as demandas da profissão e buscar melhora-la é um objetivo a ser alcançado.

Você está vivendo a maior transformação digital da história.

Mudanças acontecem e estamos passando por mais uma delas, posicionar o profissional no centro dessa transformação digital poderá nos levar a um outro nível de relação entre empresas, engenheiros, universidades, clientes entre outros segmentos e acredito que isso é perfeitamente possível.

A crise sanitária e a iminente crise econômica vai exigir mais do que nunca da engenharia, além do momento atual, aonde percebemos a força de segmentos como o agronegócio, telecomunicações, a engenharia civil que não parou em nenhum momento, a engenharia clínica, entre tantas outras, a reconstrução passará por nossas mão sem nenhuma dúvida, portanto, prepare-se, o país, o seu estado, a sua cidade precisará de você. Tenha orgulho de ser ENGENHEIRO.                         

Espero que esse artigo seja o inicio de uma longa e boa relação, por onde poderemos abordar diversos temas e assuntos relacionados a nossa profissão, parabéns ao Eduardo pela excelente iniciativa em criar o blogdaengenharia e trazer informações para que profissionais tirem suas duvidas e se orientem dentro de suas áreas de atuação.

Vinicius Marchese
Vinicius Marchese Marinelli nasceu em Mogi Guaçu - SP, graduou-se em Engenharia de Telecomunicações na Universidade de Taubaté (UNITAU), concluiu a pós-graduação em Redes e Sistema na Universidade Presbiteriana Mackenzie e especializou-se em Gestão de Negócios na Dublin Business School. A carreira do engenheiro é marcada pela atuação em empresas do setor de engenharia telecomunicações, onde trabalhou na VIVO, Embratel e tornou-se empresário da área de tecnologias em iluminação e construções sustentáveis. Foi conselheiro do CREA-SP por dois mandatos, participou da fundação do CREA Jovem Paulista e em 2016 assumiu a presidência do Conselho, licenciado atualmente para concorrer ao segundo mandato.

Engenharia mecânica e automotiva: Quais as principais semelhanças e diferenças

Previous article

Anseios dos profissionais da engenharia de materiais – Parte 1

Next article

You may also like

15 Comments

  1. Texto verdadeiro e sincero de quem vive, planeja e tem a coragem de fazer o futuro!
    Parabéns ao blogdaengenharia.com pelo espaço e ao Eng. Vinicius por compartilhar sua visão e opinião com todos!

  2. Parabéns pela sensatez das palavras . Só assim poderemos melhorar o futuro.

  3. Parabéns pelo artigo!

  4. Parabéns o texto retrata totalmente nossa realidade, a mudança já aconteceu, a um mês eu disse para minha filha, anote aí que estamos iniciando um novo período da História, que será lembrado para sempre nos futuros “livros” .Nosso planeta se transformou, nós seres humanos já somos outros e nunca mais seremos o que fomos em 2019…No meu ponto de vista encerra a idade contemporânea iniciada em 1789 com a revolução francesa e inícia em 2020 o período pós pandemia. Vamos vencer mais está dificuldade e vamos sair mais fortalecidos ainda..Que Deus abençoe a todos

  5. Verdade já estamos vivendo uma nova forma de se comunicar e trabalhar e fazer andar as coisas quem não se atualizar vai ficar para traz mesmo e concordo plenamente com vc eng Vinicius pois mostrou-nos uma visão futurista e bem realista da história situação atual é um eterno aprendizado que Tb é dinâmico e com uma velocidade jamais vista hj temos ferramentas quê nunca vimos antes por exemplo Miro.com entre outros trabalhando com platafirmss zom meet teams etc podemos ir mais longe valeu mesmo

  6. Realmente as mudanças que ocorrerão nos fazem repensar sobre qual profissional queremos ser, e o mais importante, qual profissional precisamos ser.
    Parabéns pelo blog, realmente poderá contribuir muito com a temática proposta.

  7. Parabéns Presidente , excelente explanação …..

  8. Excelente matéria Engenheiro Vinícius!
    A transformação digital não está ligada apenas ao uso de tecnologia. Está ligada sim, a uma nova estratégia de inovação empresarial. É essencial esta mudança, para que possamos nos manter competitivos.

  9. Parabéns pelo artigo eng° Vinícius. Sua visão de nossa profissão é um norte a ser seguido. Acredito que pessoas como você são essenciais para nós guiar para o futuro da engenharia.

  10. Parabéns engenheiro VInicius Marchese, pelo seu dinamismo e visão, por conta da sua preocupação com o futuro, na verdade com o novo hoje, formatou um curso junto com a unesp e univesp de empreendedorismo e inovações tecnológicas aplicada a engenharia. Pensando sempre nos profissionais

  11. Excelente artigo, parabéns pela iniciativa.

  12. Parabéns Eng. Vinícius, sempre soubemos que poderíamos contar com vc!

  13. Parabéns Vinicius, excelente texto, vai de encontro ao atual cenário e também com nosso curso de pós-graduação.

  14. Fico feliz pela oportunidade dada ao eng Vinicius falar sobre nossa profissão, mostrar a importância, colaborar para que os novos engenheiros, junior, sênior possam refletir sobre as mudanças que estarão acontecendo exponencialmente, para seu desenvolvimento pessoal ou para uma empresa unicórnio como diz a matéria Fica aqui uma dica de livro organizações exponenciais, livro fantástico … mostra exemplos de transformações de grandes empresas de diversos setores. Parabéns ao nosso eng Vinícius por representar e defender nossa profissão com brilhantismo. Abraço.

  15. a era digital foi acelerada pelos fatos recentes que assolaram a humanidade.

    O CREA vem atualizando seus profissionais para a industria 4.0

    Parabens ao presidente Vinicius pelos sucesso alcançados em sua Ultima gestao.

    Trabalho que precisa de continuidade.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Colunistas