CarreiraCursos de EngenhariaDestaqueDestaque + Editor's PickDestaque + PopularesDicasEngenhariaSob Pressão

O Universo da Engenharia.

0

A essência da Engenharia está na aplicação de métodos e conhecimentos científicos destinados a utilização e aprimoramento de recursos materiais e naturais em prol de melhorias na qualidade de vida dos indivíduos. Atualmente, existem cadastrados junto ao MEC, cerca de 40 diferentes cursos de Engenharia no Brasil.

Por tratar-se de uma área ligada às Ciências Exatas, a base das primeiras disciplinas estudadas em todos esses cursos são fundamentadas em cálculos, química e física.

 Universo da Engenharia

Fonte: Freepick, 2021.

Após formada essa base, cada curso ramifica seu conhecimento, aplicando esses conceitos a outras ciências, com objetivo de atingir sua contribuição e melhoria na qualidade de vida da sociedade.

Mapeando o perfil do estudante de Engenharia

Assim como em qualquer outra profissão, na engenharia não existe um padrão de personificação do profissional. Entretanto, algumas habilidades são importantes e se destacam. Mas, o melhor de tudo é que a maior parte delas são treináveis! Pois ninguém nasce com o “dom” de ser engenheiro(a).

Algumas das habilidades que aumentam suas chances de ser um profissional bem sucedido no futuro são:

  • Gostar de ciências exatas: As temidas disciplinas de cálculo e física no início da faculdade vão testar suas habilidades de memorização, resolução de problemas e de resiliência. A depender do curso escolhido haverão maiores ou menores intensidades durante a faculdade. E, depois de formado, também na sua vida profissional.
  • Flexibilidade e criatividade: O engenheiro se depara, muitas vezes, com projetos e situações inusitadas que testam, principalmente, essas duas habilidades, para resolução de conflitos e problemas do dia a dia.
  • Saber lidar com pessoas: Essa habilidade, não tão explorada antigamente, a cada vez mais ganha importância na Engenharia. Sendo, na maioria das vezes, um divisor de águas nas carreiras dos profissionais de engenharia, pois envolve técnicas de comunicação, liderança e trabalho em equipe.
  • Ser proativo e ter força de vontade: desde a faculdade o estudante precisa aprender a se virar sozinho, ou seja, além da sala de aula ele precisa buscar fora e ser interessado. Dificilmente terá alguém para pegar na sua mão e ensinar tudo de forma detalhada, é aqui que entra o SER PROATIVO.
  • Ter curiosidade e ser questionador: engenheiro que é engenheiro vive cheio de pontos de interrogação na cabeça, pergunta sobre tudo, quer saber o máximo de coisas possíveis e está sempre antenado em tudo o que surge de novidade dentro da sua área.

Fonte: Super Interessante

Sociedade dos engenheiros

A engenharia é mesmo um universo de possibilidades e de áreas de atuação. Por isso, existe um sistema chamado Confea/Crea,composto pelo Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e pelo Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia), ambos, em nível nacional e estadual, respectivamente, atuam em prol de um objetivo comum: zelar pela defesa da sociedade e do desenvolvimento sustentável do país, observados os princípios éticos profissionais.

As habilitações/atribuições de cada Engenharia são definidas pelo Crea, que também tem o desafio de regulamentar as atividades que o engenheiro pode realizar, de forma responsável, definindo assim sua área de atuação a partir do seu curso de origem.

Guia das engenharias

Existem variadas e diferentes engenharias. E, dessa forma, o Blog da Engenharia tem disponível um guia completo com todas elas, além de detalhes sobre cada uma, como grade curricular, mercado de trabalho e muito mais.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O GUIA DAS ENGENHARIAS

Qual engenharia combina mais comigo?

Como você viu, no nosso Guia das Engenharias (caso não tenha visto, volta lá e acompanhe), existem muitas engenharias e várias possibilidades dentro de cada uma delas. Por isso, a escolha de qual curso fazer é um ponto de inflexão importante na vida de qualquer estudante, e esse caminho ditará a forma, local e também o nicho de atuação profissional.

Então, separamos três dicas gerais para te apoiar nessa tomada de decisão:

1. Começe por um teste vocacional

Parece algo clichê, porém jogue a primeira pedra. Quem nunca fez um teste vocacional no Ensino Médio? Então, para esse momento de tomada de decisão, é muito importante você passar por um período de reflexão.

Afinal de contas quem te conhece melhor do que você mesmo?

Dessa forma, os testes vocacionais fazem uma interligação, usando perguntas voltadas para a sua personalidade e ações em cima de situações elaboradas por eles. E no final, te auxiliam com sugestões de áreas que você poderia se encaixar. Porém, caso apareça lá bibliotecário e você tenha certeza que quer fazer engenharia, rola fazer o teste novamente ou seguir as próximas dicas!

2. avaliar o mercado de trabalho

Se você tem certeza de que quer cursar engenharia, porém ainda tem dúvida de qual será, é de suma importância você pesquisar o nicho do mercado de trabalho, tanto na sua cidade quanto no seu estado. Pincipalmente se você não pretende mudar de cidade em busca de um emprego na sua área.

Assim, alguns pontos podem ser importantes em sua busca. Separei alguns para você, são eles:

  • Se existem oportunidades para essa área na sua cidade ou próximo a ela;
  • Quantas vagas são abertas e com que frequência para essa carreira;
  • Quais as oportunidades de crescimento para quem escolhe essa carreira;
  • Qual o salário inicial e médio do profissional da área.
3. Tenha em mente que é sempre possível recomeçar

Depois de fazer um teste vocacional, e estudar o mercado é interessante ter em mente que você não é obrigado a seguir aquela área para sempre, simplesmente por já ter escolhido um determinado curso de graduação. E isso serve tanto para a reta final, começo ou meio do curso!

Você é livre para ter uma opinião própria sobre o que seguir. Afinal, por que carregar este peso até o fim? Então, volte algumas casas caso não esteja feliz como pensou que seria. Nunca é tarde para recomeçar!

Espero que você faça a escolha certa, neste universo chamado Engenharia!

É importante citar, que após você fazer a sua escolha vale consultar em detalhes o sistema profissional dessa engenharia.

Robson Schneider
Engenheiro Agrícola com Mestrado em Tecnologia Ambiental. Possui experiência há mais de 10 anos com questões relacionadas ao meio agrícola e ambiental. Atualmente empreende na Empresa Mestre Engenharia (@mestre_engenharia), em trabalhos que envolvem Engenharia de Avaliação, Regularização de Imóveis e Perícias Judiciais. Tem também como objetivo levar conhecimento e os melhores treinamentos para aperfeiçoamento profissional para profissionais da área de Engenharia, Arquitetura e Agronomia através do projeto Cursos Engenharia Online (@cursosengenhariaonline).

Engenheiro não, Bacharel em Engenharia (Entenda)!

Previous article

Webinar Sob Pressão: GRATUITO e com CERTIFICADO!

Next article

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular Posts

Login/Sign up