DestaqueDestaque + Editor's PickDestaque + PopularesImpressão 3DInovação

Olimpíadas do Japão 2020: pódios fabricados por Impressão 3D

1

No dia 23 de julho de 2021 (sexta-feira) começa oficialmente as Olimpíadas do Japão 2020. Após 1 ano de dúvidas e incertezas sobre a realização ou não das olimpíadas, devido aos problemas do COVID-19, finalmente vamos poder acompanhar os melhores atletas em busca da tão sonhada medalha olímpica.

Olimpíadas

Fonte: Pixabay.

Para esta edição das olimpíadas, o Comitê Organizador do Japão preparou muitas ações que são voltadas para sustentabilidade, tecnologia e reciclagem. Talvez a principal (e mais incrível!) foi a campanha realizada junto com a empresa P&G (Procter & Gamble) para fabricar os pódios utilizando a tecnologia de impressão 3D e com plástico reciclado.

Pódio Olimpíadas 2020

Fonte: Site Oficial Olimpíadas Japão 2020.

 

Pódio das olimpíadas produzido por Impressão 3D

Em 2019, a P&G começou a campanha para recolher embalagens plásticas (de polietileno e polipropileno) buscando coletar cerca de 1,5 milhão de embalagens, para transformar em filamento e usar nas impressoras 3D. Ao final, foram coletadas mais de 24,5 toneladas, as quais foram usadas para produzir mais de 80 pódios para Olímpiadas e Paraolimpíadas.

Pódio Olimpíadas 2020

Fonte: Site Oficial Olimpíadas Japão 2020.

O artista plástico responsável pelo emblema dos jogos de Tokyo 2020, Tokolo Asao, foi também o responsável pela ideia da criação do pódio com estas características. Segundo ele, o design incorpora uma mensagem de diversidade e inclusão, com padrões e estilos geométricos modernos.

Artista plástico Tokolo Asao

Fonte: Site Oficial Olimpíadas Japão 2020.

Com ajuda do professor Tanaka Hiroya, da Kelo University, foi possível transformar o design criado por Asao para a fabricação usando plástico reciclado em uma impressora 3D de filamento (mais conhecida como FDM).

Impressoras 3D - Pódio Olimpíada Japão

Fonte: Site Oficial Olimpíadas Japão 2020

Outro ponto importante foi o uso de resíduos de alumínio das unidades habitacionais temporárias (construídas para famílias afetadas pelo terromoto no leste do Japão em 2011), para criação dos símbolos olímpicos e paraolímpicos presentes no pódio.

Conheça mais sobre pódio das Olimpíadas 2020

Se quiser conhecer com mais detalhes sobre este incrível projeto, pode assistir o vídeo a seguir, o qual mostra toda a ideia e projeto desenvolvido.

Caso queira acompanhar de perto as Olimpíadas 2020, acesse o site oficial (clique aqui).

E se desejar conhecer um pouco mais sobre Impressão 3D, fica a sugestão de leitura do artigo “Impressão 3D: a tecnologia da Indústria 4.0“.

Luan Saldanha
Luan Saldanha é engenheiro Mecânico com mestrado em Engenharia de Sistemas e Produtos. Possui experiência em projetos de inovação e desenvolvimento de produtos. É apaixonado pelas tecnologias da Indústria 4.0, como Manufatura Aditiva, softwares de engenharia (CAD, CAE, CAM), Realidade Aumentada, Realidade Virtual, IoT, entre outras. Já teve experiência em estudar e morar em Portugal, ser sócio de startup e empresa de engenharia, ser professor de graduação para alunos de engenharia mecânica e atualmente trabalha com Manufatura Aditiva! Colunista do Blog da Engenharia, busca trazer artigos e notícias relacionado ao mundo da Impressão 3D e da Indústria 4.0!

    Treinamento e capacitação, a base da Melhoria Contínua!

    Previous article

    Por que os ventos do Brasil são bons para a exploração de Energia Eólica?

    Next article

    1 Comment

    1. […] originalmente publicado no Blog da Engenharia, em 27 de julho de […]

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Popular Posts

    Login/Sign up