ColunistasEmpreendedorismoEngenhariaEngenharia Civil

Pandemia: O preço dos imóveis vai cair?

2

Não somos capazes de prever o futuro, mas sabemos que durante uma pandemia, a tendência é que o preço dos imóveis comece a cair.

Os imóveis, de modo geral, obedecem a lei da oferta/demanda: se a demanda é maior que a oferta o preço sobe, se a oferta é maior que a demanda, o preço cai.

Quando nos deparamos com uma crise de saúde que gera insegurança na vida das pessoas, incerteza sobre o tempo que a crise vai levar e, principalmente, a desaceleração dos meios de produção, há também uma redução significativa do consumo de bens móveis e imóveis, reduzindo a demanda. Nessa pandemia de COVID-19, para evitar a redução do volume de vendas, pode-se observar que o preço dos imóveis já está caindo.

É o momento de comprar um imóvel?

pandemia e o preço dos imóveis

 

A oferta continua grande e a tendência é encontrar imóveis cada vez mais baratos no mercado. A fim de estimular as vendas, as grandes construtoras e incorporadoras estão realizando eventos virtuais e promoções com redução de preço. Enquanto isso, os bancos estão dando condições especiais para o financiamento e a taxa SELIC baixa para 2,25% a.a. (menor taxa da história). Essas medidas não serão suficientes para manter o mercado aquecido, mas podem reduzir os impactos negativos da pandemia. 

Se você já estava pensando em comprar um imóvel e não sofreu impacto financeiro significativo com a pandemia da COVID-19, talvez essa seja uma ótima oportunidade para realizar esse desejo a um bom preço. O poder de barganha do comprador também está mais forte, podendo viabilizar a compra de um imóvel com descontos ainda maiores que aqueles oferecidos. 

Como avaliar imóveis durante a pandemia?

pandemia e o preço dos imóveis

 

O preço dos imóveis vendidos hoje (com desconto) vai refletir diretamente no valor de mercado das avaliações. Quem trabalha com avaliação de imóveis, precisará atualizar o seu banco de dados com amostras de ofertas e transações realizadas no período da pandemia, dessa forma poderá comparar e quantificar a variação de preço para um determinado tipo de imóvel em uma determinada região. Quando for possível utilizar o Método Comparativo Direto de Dados de Mercado, deverá ser criada uma variável qualitativa que diferencie as observações de mercado antes e depois da pandemia, pois a variável “data” não será suficiente para detectar um evento disruptivo na linha do tempo.

Os imóveis vão se valorizar após a pandemia?

pandemia e o preço dos imóveis

 

Após o período da pandemia, a economia vai conseguir se recuperar, ainda que em ritmo mais lento. Mesmo com reflexos na cadeia produtiva de todo o país, o motivo da crise está no setor da Saúde. Resolvido esse problema, a confiança do consumidor retornará e a demanda por imóveis também, retomando a curva de crescimento das vendas e valorização desses ativos.

Prepare-se para as próximas crises. 

pandemia e o preço dos imóveis

 

Essa não é a primeira crise que o setor atravessa e não será a última. Independente de qual seja o seu negócio, para sobreviver a essa e às próximas pandemias, você precisa estar preparado para absorver os impactos e ter caixa para aproveitar as oportunidades. Seja criativo. É no meio da crise que surgem soluções incríveis para problemas complexos.

Melquizedeck Souza
Engenheiro Civil. Especialista em Planejamento, Gestão Estratégica, Auditoria, Avaliação e Perícias de Engenharia. Gerente de Habitação em uma das maiores instituições financeiras do Brasil. Professor e mentor de Engenharia de Avaliações, já ajudou mais de 300 engenheiros, arquitetos e estudantes a dominar a arte da avaliação de imóveis. Melquizedeck é defensor da ideia de que o conhecimento deve ser livre e compartilhado com todas as pessoas.

XP EXPERT 2020! O maior evento de investimentos do mundo.

Previous article

Engenharia de Segurança do Trabalho: o que é? de onde vem? como se alimenta? parte 1 de 3

Next article

You may also like

2 Comments

  1. Muito boa a visão sobre como os efeitos da pandemia vão alcançar a avaliação de imóveis e como incorporar tais nuances com a abordagem técnica adequada.

    Os bons profissionais de engenharia e arquitetura devem estar atentos a tais sinais do mercado e à melhor maneira de tratá-los.

    1. Obrigado!
      A baixa dos preços e das taxas de juros está desequilibrando a balança e aumentando a procura por imóveis. Com demanda em alta, é provável que os valores voltem a subir logo após a crise.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Colunistas