BrasilColunistasDestaqueEngenharia CivilNotícias

Materiais de Construção Civil: Pandemia e Preços

2

Desde março o mercado da Construção Civil sofre os efeitos danosos da Pandemia mesmo sendo um setor classificado como essencial pelas autoridades. Será que os materiais de construção tiveram algum impacto neste cenário?

As obras públicas não pararam; as do setor da saúde otimizaram seus cronogramas visando a consecução rápida e a consequente incorporação ao combate a COVID-19.

Material de Construção

Fonte: CBIC

Construtoras

As construtoras tiveram que rapidamente se adequar as normas sanitárias e de saúde no intuito de mitigar os efeitos da pandemia em seus canteiros de obra.

Pesquisas da ABRAINC indicam relativo êxito em tais medidas, pois mostram um número surpreendente de óbitos acumulados nos canteiros de obras totalizando 10 vítimas fatais.

Fornecedores de Materiais de Construção

As empresas fornecedoras de insumos, diante de um cenário de incertezas, desaceleraram drasticamente sua produção diminuindo a oferta por materiais de consumo generalizado no setor.

Este fato reverbera de forma latente pois vivemos uma etapa de gradativo e crescente aquecimento das atividades na construção civil gerando um aumento na demanda.

Preços de Equilíbrio 

Com isso, há o comprometimento do preço de equilíbrio que é o único preço onde os planos dos consumidores e os planos dos produtores concordam. Ou seja, onde a quantidade que os consumidores desejam comprar do produto, quantidade demandada, é equivalente à quantidade que os produtores desejam vender, quantidade ofertada.

Esta quantidade em comum é chamada a quantidade de equilíbrio. A qualquer outro preço, a quantidade demandada não se iguala à quantidade ofertada, então o mercado não está em equilíbrio naquele preço.

Assim, este cenário, infelizmente, ocorre em itens como aço, cimento, revestimentos, de instalações hidráulicas e elétricas, dentre outros.

Estratégias quanto aos Preços

Reportagem do jornal Estadão deste dia 15/11/2020 informa que o aumento nos custos dos materiais de construção levou as construtoras a adotarem diferentes estratégias.

As empresas do setor de alto padrão preparam reajustes nos preços dos apartamentos, tendo em vista um público pretensamente capaz de absorver este impacto.

Já as construtoras responsáveis pelas obras de imóveis populares terão que ser mais criativas uma vez que não contam com a mesma flexibilidade por parte de seus consumidores cujo poder de compra é menor.

Além disso, há limites de preços que podem ser praticados dentro do programa Casa Verde e Amarela Minha Casa Minha Vida (Minha Casa Minha Vida) o qual também poderá ser afetado por uma eventual restrição na concessão de créditos em razão da instabilidade econômica.

Desabastecimento Artificial?

Existe também a teoria de desabastecimento artificial pretensamente provocada por algumas empresas da cadeia da construção as quais, em meio a pandemia, traçaram estratégias para auferir lucros.

“Com a insegurança inicial gerada pela pandemia, em março, foi gerado um falso desabastecimento, que foi sendo aproveitado pelos fornecedores para recuperar preços. Se não houver um choque de oferta urgente, a memória inflacionária irá criar um caminho sem volta para a nossa economia”, disse o presidente da CBIC – Câmara Brasileira da Indústria da Construção, José Carlos Martins.

Medidas Urgentes quanto aos Preços

Este cenário enseja medidas urgentes tendo em vista o potencial risco de comprometimento de empregos e o aumento dos preços finais nas obras.

Certamente poderemos ter pela frente, salvo estas distorções não sejam corrigidas, um número cada vez maior de obras abandonadas e um enorme número de solicitações e judicializações visando o reequilíbrio financeiro dos contratos.

Ademais, estima-se que as obras passaram a ficar, em média, 20% mais caras e a  somatória destes fatores poderá implicar numa inequívoca redução no número de lançamentos de imóveis impactando em boa parte da cadeia da construção civil.

Crea-SP e os Preços na Construção

Sensível a este cenário, o Presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de SP/Crea-SP, Eng. Telecom. Vinicius Marchese Marinelli, determinou a criação de um comitê específico para o tema dos preços dos insumos para os materiais de construção civil.

Posteriormente estes serão analisados face a esta nova realidade do mercado que se mostra extremamente suscetível no que tange efeitos da pandemia. Com isso, medidas governamentais como incentivos a importação e ao abastecimento no setor são fundamentais para a necessária correção da rota.

Além disso, o estabelecimento de fóruns e câmaras de mediação também poderiam se constituir em ferramentas extremamente úteis visando o mapeamento de todos os entraves existentes, os quais podem e devem ser superados para o bem da engenharia e da nação.

Joni Matos Incheglu
Sou Engenheiro Civil formado em 1997 pela Universidade de Mogi das Cruzes-UMC onde leciono no Curso de Engenharia Civil disciplinas ligadas a Estruturas. Também tenho a Licenciatura Plena em Matemática e Mestrado em Educação Matemática. Já lecionei nas redes pública e privada e, também, para os cursos de Administração, Pedagogia e Arquitetura. Como Engenheiro Civil fui responsável técnico por mais de 250 obras sendo a sua maioria pela Trópico Construtora e Incorporadora. Represento a UMC como Conselheiro na Câmara Especializada de Engenharia Civil do Crea-SP onde também estou no cargo de Diretor Administrativo. Também sou Consultor Técnico.

    Dassault Systèmes anuncia a aquisição de líder em banco de dados nativos em Nuvem

    Previous article

    Dassault Systèmes cadeia de suprimentos: Renascimento da Indústria e digitalização

    Next article

    You may also like

    2 Comments

    1. […] ter as obras paralisadas por conta da pandemia e sem querer demitir funcionários precisou traçar uma nova estratégia de engenharia para superar […]

    2. […] Provavelmente, você já deve ter ouvido falar em construções modulares, e o quanto esse método está ganhando espaço no mundo da construção civil. […]

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    More in Brasil