ColunistasCuriosidadesDestaqueDestaque + Editor's PickDestaque + PopularesEngenhariaInovaçãoTecnologiaTecnologia da Informação

Perseverance vs Zhurong: A corrida à procura de vida em Marte

2

Lançado em 30 de julho de 2020 no veículo lançador Atlas V-541, a sonda Perseverance da Nasa pousou na superfície de Marte no dia 18 de fevereiro de 2021  após sete meses de viagem espacial por mais de 470 milhões de quilômetros.

A missão do Perseverance, denominada Mars 2020, é a primeira astro biológica da Nasa e aborda objetivos científicos de alta prioridade para a corporação. Atualmente, o jipe-robô autônomo explora a superfície da cratera de Jezero em busca de vida no local, ou pelo menos rastros dela, já que há aproximadamente 3,9 bilhões de anos rios corriam por lá, o que transformou o território em um lago.

Six curiosities you should know about the Perseverance mission on Mars - Olhar Digital

Sonda Perseverance. Foto: Nasa.

“A Missão Mars 2020 é histórica pois, pela primeira vez desde a década de 70, vamos em busca de sinais de vida. Sabemos que não vamos encontrar seres macroscópicos, mas vamos procurar sinais de vida bacteriana, moléculas de carbono e material orgânico abaixo da superfície”.
– Ivair Gontijo, engenheiro brasileiro que participou do projeto da Nasa.

Robô Explorador Zhurong

China's First Mars Rover 'ZhuRong' Successfully Lands on Mars

Sonda espacial ZhuRong. Fonte: CNSA 2020

Contudo, apesar de ser referência e o maior instituto de tecnologia e pesquisa espacial, a Nasa não está sozinha nessa busca. Na última sexta-feira (14), a sonda Zhurong, jipe-robô da China, pousou na região de Utopia Planitia, a maior bacia de impacto em Marte, colocando o país na pequena lista das cinco nações que atualmente exploram o Planeta Vermelho.

Os detalhes exatos da missão do Zhurong ainda não foram divulgados oficialmente. Porém, até o momento sabemos que a sonda conta com um radar de penetração de solo com capacidade de 90 m abaixo da superfície.

Além disso, o veículo possui duas câmeras panorâmicas, um detector de campos magnéticos, um instrumento meteorológico para análises climáticas e um laser para análise de composição de rochas, o que indicaria uma missão de reconhecimento e, possivelmente, busca por vida assim como o Perseverance.

Corrida à procura de vida em Marte

Nasa aprova nova missão para buscar amostras de Marte - Olhar Digital

Apesar de não ter divulgado os interesses de sua empreitada, a grande nação asiática deixa claro seu objetivo de expandir seu poderio tecnológico e econômico, colocando-se na corrida à procura de vida em Marte ao lado dos Estados Unidos que, atualmente, segue como o maior conquistador do espaço.

Além disso, outra grande missão, a ESA-Roscosmos ExoMars, da Agência Espacial Europeia (ESA) em parceria com a Rússia, é mais uma que em breve se colocará a disposição nessa busca.

Thales Alenia Space delivers key element for ExoMars 2020

ExoMars Rover. Imagem: Thales Alenia Space

O lançamento anteriormente marcado para agosto de 2020 acabou sendo adiado para 2022 por causa da Covid-19. Por conta das variabilidades das posições orbitais entre a Terra e Marte, a janela de transferência Hohmann – termo que designa a oportunidade ideal de lançamento de veículos espaciais à Marte – ocorre uma vez a cada 26 mês. Assim, a sonda ExoMars deve ser lançada entre agosto e outubro do próximo ano.

Resta-nos esperar o que esta corrida espacial revelará no futuro. Quem sabe este é o começo de uma nova era de descobertas, novidade e possibilidade à civilização humana. Dessa forma, o homem poderá um dia realizar a tão aguardada conquista de outro planeta.

 

Paulo César Santos
Paulo César é um ludovicense de 23 anos que atualmente cursa Engenharia de Produção na PUC Minas. Foi coordenador de uma ONG de voluntariado, cofundador e web designer da Virgo em 2019 e trabalhou como monitor em 2020, auxiliando outros estudantes de engenharia com algoritmos e programação. Adora tudo que envolve engenharia, gestão de projetos e tecnologia e acreditou que valia a pena compartilhar com mais pessoas um pouco do que anda aprendendo. Sabe escrever em linhas de código, mas há quem diga que pena pra escrever autodescrições.

China pousa Zhurong em Marte: um robô movido a Energia Solar

Previous article

Dicas para fazer uma boa apresentação acadêmica

Next article

You may also like

2 Comments

  1. Muito bom artigo e quero essa possibilidade de civilização lá, para dar um “passeio” hahaha

    1. hahaha quando você for, reserva meu lugar!! 😉

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Colunistas