ColunistasConsultoriaDestaqueDestaque + Editor's PickDestaque + PopularesDicasEngenhariaEngenhiero Consultor

Planejamento Estratégico: Crie o seu para 2021

0

Antes de mais nada, um planejamento estratégico é muito importante.  Pensando nisso, eu vou ajudar você a colocar a teoria em prática neste passo a passo com 3 tópicos simples e rápido:

  1. O que é planejamento estratégico
  2. Como fazer seu planejamento estratégico passo a passo
  3. Exemplo de um planejamento estratégico

Planejamento Financeiro: objetivos e metas - LCM Treinamento

Planejamento estratégico: o que é?

Então, planejamento estratégico é uma ferramenta de gestão que mapeia o caminho para atingir objetivos em uma empresa. Ou seja, ele funciona como um roteiro que determina onde a empresa está, aonde quer chegar e quais são as ações necessárias para isso.

Com um bom plano, você consegue definir metas, traçar estratégias, antecipar problemas e monitorar seu progresso em qualquer projeto.

Portanto, o planejamento estratégico substitui a “gestão por intuição” e ajuda empreendedores a enxergarem mais claramente os rumos do negócio.

Como desenvolver um planejamento estratégico de PMO | CIOComo você pode fazer seu planejamento estratégico: passo a passo.

O planejamento estratégico deve seguir etapas lógicas para ser bem-sucedido e não acabar engavetado. Bora começar!!!

1. Comece pelo diagnóstico da empresa

Primeiramente comece por um raio X completo do negócio, utilizando ferramentas para avaliar sua posição financeira, construção de marca, desempenho de processos, satisfação dos colaboradores, qualidade dos produtos/serviços, entre outros fatores.

Sendo assim, sugiro que utilize a ANÁLISE DE SOWT, quer dizer: Strengths (Forças), Weaknesses (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças).

Resumindo: se algo impactar sua atividade, direta ou indiretamente, coloque na balança.

2. Trace seus objetivos

Dessa forma, agora que você tem as informações coletadas no mercado e pela Análise SWOT, você terá uma ideia do que fazer daqui a 1 mês, 6 meses, 1 ano, 5 anos e 10 anos.

Uma dica valiosa, ao definir as suas metas ou da sua empresa, é dar preferência para aquelas que podem ser quantificadas. Sugiro como exemplo um crescimento no faturamento de 30%, ou aumentar o ticket médio em 20% ou ser a referência no setor dentro de cinco anos.

3. Crie estratégias e ações

Contudo, é normal, para quem não está habituado a elaborar um plano, confundir ação com estratégia.

Enquanto a primeira diz respeito às medidas práticas para a realização das metas, a segunda define a forma como devem ser alcançadas.

Para deixar mais claro, vamos a um exemplo:

  • Objetivo/meta: Aumentar a lista de contatos semanais 10% nos próximos 3 meses;
  • Estratégia: Lançar um produto online que a concorrência não tem;
  • Ações: Contratar novos profissionais para desenvolvimento de produtos, realizar pesquisas de mercado ou investir mais em marketing digital.

Como você pode ver, são vários pontos que precisam ser definidos, e toda a equipe deve ser envolvida no processo.

Nesse sentido, um brainstorming (tempestade de ideias) pode ajudar, desde que as ideias sejam registradas e posteriormente organizadas de forma objetiva (uma simples planilha ou um Trello).

4. Prepare um cronograma

Se você já tem seus objetivos, metas, estratégias e ações, só falta organizar tudo isso em um cronograma e deixar claro qual a função de cada colaborador ou se você é o faz tudo, deixe isso bem claro onde for possível (caderno, quadro branco, postit, planilha ou trelllo).

Esse passo é importante para garantir que o plano seja colocado em prática da forma que foi pensado. Do contrário, ele corre o risco de acabar na gaveta.

O cronograma deve conter as metas e ações planejadas e seus respectivos responsáveis, prazos de execução, indicadores de desempenho, recursos necessários e outras informações relevantes para a equipe.

Se você puder criar esse documento com apelo visual, como em um quadro de planejamento que possa ser visualizado por todos (físico ou digital), melhor ainda.

5. Coloque o plano em prática

Agora é hora de colocar em prática o plano de ação e acompanhar de perto os resultados.

Os indicadores que você definiu no quinto passo serão sua principal referência para monitorar o progresso do planejamento estratégico, mantendo o controle sobre cada tarefa e ação.

6. Avalie e revise o plano continuamente

Por fim, é importante ter em mente que o planejamento estratégico é uma ferramenta dinâmica, ou seja, deve ser adaptada às mudanças no caminho.

Ter um plano significa ter um rumo, mas você terá que reavaliar continuamente as metas e, se necessário, fazer alguns desvios conforme as circunstâncias.

Do contrário, se você tentar seguir o plano original à risca, poderá cometer erros de gestão e deixar de aproveitar oportunidades ou detectar ameaças do mercado.

Então, lembre-se de ser flexível e fazer as correções necessárias, mantendo apenas o que está funcionando no seu planejamento.

Planejamento Estratégico - Foco Contabilidade - Escritório em Londrina

Exemplo de um planejamento estratégico

Dessa forma, para deixar ainda mais claro, vamos a um exemplo simples da aplicação do planejamento estratégico.

Assim, imagine uma pequena empresa que presta serviços de ENGENHARIA CIVIL e precisa aumentar sua base de clientes, seguindo o plano abaixo:

  • Objetivo: Dobrar a base de clientes em 2 anos;
  • Diagnóstico: Percepção de valor superior em relação aos serviços do principal concorrente, mas público-alvo mais restrito;
  • Estratégias:
    • Criar um plano de serviços mais acessível para atrair um novo público;
    • Investir em retenção e fidelização de clientes;
    • Fortalecer a presença da marca no mercado-alvo;
  • Ações:
    • Fazer uma pesquisa de mercado para entender o novo público-alvo;
    • Criar um fluxo de marketing de conteúdo no site, blog e redes sociais;
    • Investir em marketing de performance (Facebook Ads);

Mas, esse seria um esquema simples, que não inclui o diagnóstico completo, cronograma para realização de cada uma das etapas e métricas de desempenho.

O importante aqui é atentar para o responsável pela execução das tarefas, também deva atuar no monitoramento e coordenação das atividades.

Além disso, o planejamento deve ser incorporado à cultura da sua empresa como uma ferramenta indispensável em qualquer projeto.

Assim sendo, quanto mais você praticar, melhores ficarão seus planos e mais rápidos serão os resultados.

Portanto, agora você está pronto para adotar o planejamento estratégico no seu negócio e chegar aonde você sempre quis?


Se esse artigo deixou claro o que é PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO, deixe aqui em baixo seu comentário e não se esqueça de me seguir no Instagram @eng.angelosantos.

Leia também: Guia para engenheiros como abrir um escritório.

Eng° Angelo Santos
Engenheiro Consultor, graduado em Ambiental e Sanitarista, pós-graduado em Engenharia de Segurança do Trabalho e MBA em Engenharia da Qualidade. Especialista em Consultoria Online e física, eSocial e Processo de Seguranca Contra Incêndio e Pânico - PSCIP. Assistente Pericial da Justiça do Trabalho e auditor ISO 9001, 14001, 45001.

Símbolo da Engenharia: De onde vem?

Previous article

Destrinchando: Engenharia Agronômica – Parte 1

Next article

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login/Sign up