Drone na agricultura
BrasilEngenhariaMercado de TrabalhoSem categoria

Próximos 10 anos do Agro: Você está preparado?

0

Primeiramente, sem fazer um livro, é impossível trazer a total projeção do agronegócio para os próximos 10 anos. E querendo trazer um pouco da economia para o “AGRO” a nível Brasil, vou me embasar nas projeções feitas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Você está preparado?

Algumas culturas

Arroz
Próximos 10 anos

Rizicultura.

Primeiramente uma pergunta, você sentiu no bolso o aumento no preço do arroz?

Um dos principais componentes na dieta dos brasileiros, e uma das principais culturas da minha região (extremo-sul catarinense), basicamente se concentra em 5 estados. Assim se formarmos um top 3 produtores,  quem vai representar o líder é o estado Rio Grande do Sul com 70% da produção nacional, seguido por Santa Catarina 10% e Tocantins 6%.

Enfim, as estimativas para o nosso querido arroz é de uma redução de área plantada. Agora senta que vem bomba, será uma redução de um milhão de hectares nos próximos 10 anos! 

Sim, é isso mesmo. Logo, podemos citar vários motivos para isso, como a dificuldade em trabalhar com essa cultura, baixo ganho econômico dos produtores, aumento da incidência de daninhas e pragas, fatores climáticos entre outros. Mas uma das principais é o decréscimo do consumo do arroz no país.

Frequentemente, nós brasileiros estamos deixando de consumir arroz, para experimentarmos outras coisas em nosso prato. Pode-se dever isso também, a uma maior facilidade atual de pedir um lanche por aplicativo, sem precisar cozinhar, sem louça para lavar por exemplo. Pode ser normal vermos um aumento no valor nos mercados e afins. Mas será aumento leve no preço, devido a área plantada estar diminuindo, consequentemente menor será a produção, mas o consumo também tende a baixar.

Feijão
Estimativas próximos 10 anos

Feijão.

Em cima ou embaixo do arroz? Rsrsrsrsr

O companheiro do arroz em praticamente todos os pratos no nosso país! Em minha visão, os dois sempre vão estar relacionados em um país que tem uma forte tradição em consumo diário.

Assim sendo, Paraná e Minas Gerais são os principais estados produtores, representando quase 40% da produção nacional. Não diferente do arroz por estarem fortemente relacionados, não há previsão de crescimento de sua produção, podendo haver uma redução da produção.

O feijão,  não tende a ter uma redução no consumo, por isso essa redução na produção não vai ser drástica, onde ainda até importamos algumas toneladas para suprir a demanda nacional. No geral estabilidade é o que se espera.

Milho
Estimativa 10 anos

Milho.

Saudade de uma praia né minha filha? Rsrsrsrsrs

Formando um top 3 estados produtores, temos Mato Grosso (31%), Paraná (17%) e Goiás (11%). A área plantada de milho tende a ter um crescimento de  7% nos próximos 10 anos, passando de 17,2 milhões de hectares para 18,5 milhões de hectares. Destacando o milho de 2ª Safra, que teve um aumento de 130% de área plantada.

O crescimento pode estar relacionado a vários fatores, considero a exportação o principal fator. Pelos dados apontados nas projeções, a exportação deve DOBRAR, de 30 milhões de toneladas podendo chegar até 60 milhões de toneladas.

Soja Grão
Projeção dos próximos 10 anos

O soja Grão

A projeção levou em conta muitos fatores para o soja em grão, desde o rebanho bovino, valor de terras, produção do soja, que mostram uma tendência de crescimento. É a lavoura que mais deve expandir a área na próxima década, deve aumentar 9,5 milhões de hectares plantados.

E por isso, acredito que áreas atualmente ocupadas por outras cultura e que vão perder espaço como o arroz, vão ser substituídas pelo plantio do soja. Atualmente na região do extremo-sul catarinense,  estudos estão sendo feitos com uso do soja para retirada do arroz vermelho (arroz daninho), e tem mostrado altas produções de soja nas áreas de várzea, em baixadas.

Café
Estimativa

Café

Essa cultura mexe comigo, não nego um café faça chuva ou faça sol. Afinal, nada melhor que aquele café para iniciar o dia, ou ficar acordado naquela aula mais conceitual né?

Você é fã de café também? Então agradeça a esse top 3 estados produtores: Minas Gerais (52%) , Espírito Santo (25%) e São Paulo (9%). Pode ficar tranquilo, a tendência para os próximos 10 anos é o crescimento de cerca de 10 milhões de sacas (60kg) de café. Grande parte se deve pelo aumento das exportações, sendo 6/10 sacas  destinadas nesse seguimento.

Entretanto, para os próximos 30 anos a coisa é diferente. Mudanças climáticas futuras podem prejudicar e muito a produção de café, como aponta o Bureau de Inteligência Competitiva do Café,  a elevação de temperatura poderá reduzir a área apta ao cultivo de café pela metade.

Carnes
Projeção 10 anos

Carne de Frango/suína/bovina.

Por último, mas não menos importante, as projeções de carnes para o Brasil mostram crescimento. Destacando a carne de frango e suína como principais responsáveis por esse crescimento. Juntas com a carne bovina, a produção no país deve passar de 26 milhões de toneladas para 33 milhões de toneladas.

A princípio,  a exportação novamente pode ser um dos principais fatores desse crescimento, onde devem crescer 3% ao ano. Outro motivo pode ser o crescimento populacional, o IBGE prevê 215 milhões de pessoas até 2028.

Definitivamente, devemos ficar atento as tendências no mercado, mudanças vão chegar e devemos estar preparados! Quer uma parte 2 com mais produtos projetados para os próximos 10 anos? Deixe seu comentário!

Guilherme Matos
Catarinense, 21 anos, formado em Técnico em Agropecuária (2016) e graduando em Engenharia Agronômica no Instituto Federal Catarinense Campus Santa Rosa do Sul- SC. Membro dirigente no CREAjr-SC na regional de Araranguá-SC, e Vice presidente no Centro Acadêmico de Agronomia em 2020. Ama o agro, ama escrever e ama se rodear de boas pessoas. Sonhador, fã de games e louco por conhecimento.

Orgânicos: Do que você se alimenta?

Previous article

Microsoft lança nova versão do Windows

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Brasil