CarreiraEngenharia

Prova para obter o CREA a partir de 2016?

118

Nos últimos dias, uma notícia se espalhou nas redes sociais e muitas pessoas vieram nos perguntar a respeito. A “notícia” se refere a uma nova medida do CREA, sobre a criação de um exame que permitiria a aferição da qualificação técnica necessária para que o formando possa exercer a sua carreira (algo tipo a prova da OAB, aplicada para bacharéis em advocacia).
Captura de Tela 2015-08-16 às 20.47.39
Em 2013 nós noticiamos algo parecido, mas era apenas uma pegadinha de primeiro de abril. Pouco tempo depois, escrevi um artigo opinando sobre o assunto, e mais de dois anos depois continuo com a mesma opinião: Caso fosse necessária uma prova para a obtenção do CREA, ela deveria ser bem dinâmica e com o objetivo de testar o raciocínio lógico do engenheiro formado.
Após tanta gente perguntar sobre esse boato, resolvi fazer uma pesquisa para descobrir se é ou não verdade. Bastou uma rápida pesquisa no Google para eu me deparar com isso:
Captura de Tela 2015-08-16 às 19.52.19
101.996 pessoas caíram na tal pegadinha. Mas espera, não era isso que eu tinha visto. A notícia que bombardeou as minhas redes sociais (snapchat / facebook / whatsapp ) foi essa:
Captura de Tela 2015-08-16 às 20.15.39
Este segundo site parece uma referência mais confiável, porém repare que é um site de petição online, ou seja, é um tipo de abaixo assinado online, o qual qualquer pessoa no mundo pode criar e divulgar, pedindo assinaturas para aí então levar aos órgãos competentes e tentar viabilizar o pedido. Este em particular, obteve até o momento menos de 300 assinaturas, e a probabilidade de o CREA adotar essa medida apenas com este abaixo assinado é praticamente nula, visto que para que esse tipo de requisição normalmente são necessárias milhares de assinaturas.
O fato é que tudo não passa de apenas um boato e não encontramos nenhuma outra referência na internet que faça menção à isso. Entramos em contato com o CREA-SP mas até o momento não obtivemos nenhuma resposta referente ao assunto.
Enfim, pode ficar tranquilo por hora, pois não existe nada que oficialize essa medida. E você, o que acha de uma prova para habilitar os profissionais de engenharia a exercerem a sua profissão? Deixe nos comentários!
Imagens: Shutterstock

Eduardo Cavalcanti
Engenheiro Civil de formação, empresário, e atua em diversos mercados. É aficcionado por tecnologia e está sempre em algum lugar diferente do mundo (sim, viajar está entre seus maiores hobbies). Já teve uma época em que não conseguia dormir sem assistir a um episódio do Netflix. Hoje, com o empreendedorismo pulsando em suas veias, usa praticamente todo o seu tempo livre consumindo conteúdos relacionados à cases de sucesso e ao mercado financeiro.

As mais lidas da semana BDE | #06

Previous article

Mitos e verdades das massas para assentamento

Next article

You may also like

118 Comments

  1. Formar em engenharia, quer prova mais digna que essa?

    1. Verdade..

    2. Pena que algumas faculdades onde também formam “engenheiros” deixam a desejar no ensino e formam péssimos profissionais que além de ruim aceitam qualquer salário fazendo pagarem cada vez menos a classe. Mesmo o CREA estipulando o salário base, sabemos que não funciona bem assim com os cargos onde se exigem engenheiros competentes.

  2. Formar em engenharia, quer prova mais digna que essa?

    1. Verdade..

    2. Pena que algumas faculdades onde também formam “engenheiros” deixam a desejar no ensino e formam péssimos profissionais que além de ruim aceitam qualquer salário fazendo pagarem cada vez menos a classe. Mesmo o CREA estipulando o salário base, sabemos que não funciona bem assim com os cargos onde se exigem engenheiros competentes.

      1. Assine a petição por favor, vamos apoiar e obter mais assinaturas!

  3. Acho uma boa medida sim e não apenas para o CONFEA, mas para todos os conselhos. É muito importante a formação de profissionais para o país e com certeza este número cresceu bastante nos últimos anos, porém, com um crescimento desregrado teremos cada vez mais acadêmicos formados às pressas apenas para que possamos bater metas, sem nenhuma excelência e/ou profissionalismo.

  4. Acho uma boa medida sim e não apenas para o CONFEA, mas para todos os conselhos. É muito importante a formação de profissionais para o país e com certeza este número cresceu bastante nos últimos anos, porém, com um crescimento desregrado teremos cada vez mais acadêmicos formados às pressas apenas para que possamos bater metas, sem nenhuma excelência e/ou profissionalismo.

    1. Assine a petição por favor, vamos apoiar!

  5. Totalmente a favor da prova!!!!

    1. Aprenda um pouco de história lendo Leibniz ou Faraday, por exemplo, ou leia um pouco sobre a Rábula. Ou uma coisa ou outra, parceira, mas não as duas. Leia meu comentário que deixei aqui para entender mais…

    2. Assine a petição por favor, vamos apoiar!

  6. Totalmente a favor da prova!!!!

    1. Aprenda um pouco de história lendo Leibniz ou Faraday, por exemplo, ou leia um pouco sobre a Rábula. Ou uma coisa ou outra, parceira, mas não as duas. Leia meu comentário que deixei aqui para entender mais…

    2. Assine a petição por favor, vamos apoiar!

  7. Quem consegue se formar engenheiro pode ser considerado um deus porque o curso não é tão simples de se concluir.

    1. Infelizmente não é não. O curso de engenharia realmente não é fácil mas as faculdades não ensinam uma coisa básica para o mercado de trabalho que são as normas da ABNT. Estuda-se muita teoria mas pouca prática de mercado pois falta gente experiente dando aulas nas faculdades onde a exigência é um diploma de mestre e não experiência profissional.

      1. Faculdades de Engenharia = Fabricas de diploma

        1. Assine a petição por favor, vamos apoiar e obter mais assinaturas!

          1. onde é que eu assino?

  8. Quem consegue se formar engenheiro pode ser considerado um deus porque o curso não é tão simples de se concluir.

    1. Infelizmente não é não. O curso de engenharia realmente não é fácil mas as faculdades não ensinam uma coisa básica para o mercado de trabalho que são as normas da ABNT. Estuda-se muita teoria mas pouca prática de mercado pois falta gente experiente dando aulas nas faculdades onde a exigência é um diploma de mestre e não experiência profissional.

      1. Faculdades de Engenharia = Fabricas de diploma

        1. Assine a petição por favor, vamos apoiar e obter mais assinaturas!

          1. onde é que eu assino?

      2. Assine a petição por favor, vamos apoiar e obter mais assinaturas!!

  9. Sou totalmente a favor da prova, pois precisamos valorizar os profissionais que realmente estão capacitados, mas que acabam perdendo vagas para “políticos da profissão”, que conseguem indicação mesmo sem saber nada sobre o assunto.
    Porém, sabe-se que o CREA tem outro interesse em não realizar uma prova assim, o financeiro.

    1. Que tal lendo Leibniz, o príncipe dos autodidatas (e criador do Cáculo, aliás), ou mesmo Faraday, por exemplo. Leia um pouco sobre a Rábula. Você não de conta, mas apoiando curso e esses “trovões” entra em contradição. Ou é uma coisa ou é outra!

    2. Assine a petição por favor, vamos apoiar e obter mais assinaturas!

  10. Sou totalmente a favor da prova, pois precisamos valorizar os profissionais que realmente estão capacitados, mas que acabam perdendo vagas para “políticos da profissão”, que conseguem indicação mesmo sem saber nada sobre o assunto.
    Porém, sabe-se que o CREA tem outro interesse em não realizar uma prova assim, o financeiro.

    1. Que tal lendo Leibniz, o príncipe dos autodidatas (e criador do Cáculo, aliás), ou mesmo Faraday, por exemplo. Leia um pouco sobre a Rábula. Você não de conta, mas apoiando curso e esses “trovões” entra em contradição. Ou é uma coisa ou é outra!

    2. Assine a petição por favor, vamos apoiar e obter mais assinaturas!

  11. Pelo que vejo a maior parte das pessoas a favor da prova são aqueles que já formaram e possuem crea, medo de engenheiros recém formados mais competentes? É o que parece.
    E contrário à OAB que deixa qualquer faculdade abrir o curso de direito, porém fazendo prova para somente os capacitados obterem a associação, o CREA fiscaliza os cursos de engenharia no Brasil para manterem um padrão mais elevado de ensino e com isso todos os formandos já obterem a carteira sem provas.

    1. Não tenho medo nenhum de recém formado, até porque eles ainda tem muito o que aprender. Faço a prova também e não acho inútil ter que refazer a mesma a cada 5 anos. Afinal as tecnologias mudam e evoluem.

    2. Estou na Universidade a mais de dois anos e não vi nenhuma fiscalização do CREA por lá.

  12. Pelo que vejo a maior parte das pessoas a favor da prova são aqueles que já formaram e possuem crea, medo de engenheiros recém formados mais competentes? É o que parece.
    E contrário à OAB que deixa qualquer faculdade abrir o curso de direito, porém fazendo prova para somente os capacitados obterem a associação, o CREA fiscaliza os cursos de engenharia no Brasil para manterem um padrão mais elevado de ensino e com isso todos os formandos já obterem a carteira sem provas.

    1. Não tenho medo nenhum de recém formado, até porque eles ainda tem muito o que aprender. Faço a prova também e não acho inútil ter que refazer a mesma a cada 5 anos. Afinal as tecnologias mudam e evoluem.

      1. Assine a petição por favor, vamos apoiar e obter mais assinaturas!!

    2. Estou na Universidade a mais de dois anos e não vi nenhuma fiscalização do CREA por lá.

  13. Não tenho nada contra, durante a época da “fartura” tinha muito engenheiro que não tinha noção básica sobre projetos e ainda assim tinha o CREA.

  14. Não tenho nada contra, durante a época da “fartura” tinha muito engenheiro que não tinha noção básica sobre projetos e ainda assim tinha o CREA.

  15. Esse exame não prova nada. Mas se alguém não conseguir atingir a nota, só lamento… Acho indiferente.

  16. Se não tiver problemas reais, mas apenas aqueles exercícios básicos de cálculo e física em si, não vejo proveito no exame.

    1. Concordo com você!

  17. Se não tiver problemas reais, mas apenas aqueles exercícios básicos de cálculo e física em si, não vejo proveito no exame.

    1. Concordo com você!

  18. Sou estudante de Engenharia Civil e posso afirmar q não é nada fácil o curso. E a faculdade onde eu curso e ótima os professores excelentes, não vejo necessidade de uma prova, se vc forma nesse curso já é suficiente pra saber q a pessoa tem capacidade. Quem é engenheiro Aqui sabe o quanto e difícil, tem q ter muita dedicação.

    1. Ronara, aí é que está o problema, sua faculdade pode ser ótima mas sabemos que nem todas tem uma boa estrutura e capacidade para formar bons profissionais. Se o seu curso é difícil e você conseguir se formar, não creio que será uma prova dessas que vá te dar trabalho, diferente da pessoa que cursa uma faculdade ruim e se forma sem saber nada, pois neste caso teremos uma espécie de triagem, valorizando os profissionais que se dedicaram mais.

      1. O mercado faz a triagem, não uma prova arbitrária e injusta. Sei muito bem o que você quer com isso.

        1. Não entendi sua colocação de saber bem o que quero com isso.
          Só acho que o mercado pode até fazer esta triagem, porém sempre existirão empresas dispostas a pagar menos, forçando-as a procurar profissionais que se “vendam”, desvalorizando assim nossa profissão.
          Além do mais, não acho essa prova arbitrária e muito menos injusta, pois como eu disse anteriormente, o bom profissional que tenha se dedicado mais, com certeza não sofrerá em uma prova destas (e quando digo uma prova destas quero dizer uma prova para cada tipo das várias engenharias, de modo que ninguém saia prejudicado por este motivo).

    2. Espero estar errado sobre você, mas as pessoas que conheço na minha Universidade que vem com esse discurso devem bastante matéria, pessoas que só passam na base da cola, então logo se formar em Engenharia não os farão capacitados para construir edificações.

      1. Vc está completamente enganado, graças a Deus e minha dedicação não devo nenhuma matéria e nunca precisei colar. E quando eu formar vai ser por mérito pq conquistei com muito esforço e dedicação, não estou pagando quase 100 mil pra colar e sair de la sem saber nada não. Acho q vc deveria reconsiderar essa sua conclusão.

      2. Assine a petição por favor, vamos apoiar e obter mais assinaturas!!!

  19. Sou estudante de Engenharia Civil e posso afirmar q não é nada fácil o curso. E a faculdade onde eu curso e ótima os professores excelentes, não vejo necessidade de uma prova, se vc forma nesse curso já é suficiente pra saber q a pessoa tem capacidade. Quem é engenheiro Aqui sabe o quanto e difícil, tem q ter muita dedicação.

    1. Ronara, aí é que está o problema, sua faculdade pode ser ótima mas sabemos que nem todas tem uma boa estrutura e capacidade para formar bons profissionais. Se o seu curso é difícil e você conseguir se formar, não creio que será uma prova dessas que vá te dar trabalho, diferente da pessoa que cursa uma faculdade ruim e se forma sem saber nada, pois neste caso teremos uma espécie de triagem, valorizando os profissionais que se dedicaram mais.

      1. O mercado faz a triagem, não uma prova arbitrária e injusta. Sei muito bem o que você quer com isso.

        1. Não entendi sua colocação de saber bem o que quero com isso.
          Só acho que o mercado pode até fazer esta triagem, porém sempre existirão empresas dispostas a pagar menos, forçando-as a procurar profissionais que se “vendam”, desvalorizando assim nossa profissão.
          Além do mais, não acho essa prova arbitrária e muito menos injusta, pois como eu disse anteriormente, o bom profissional que tenha se dedicado mais, com certeza não sofrerá em uma prova destas (e quando digo uma prova destas quero dizer uma prova para cada tipo das várias engenharias, de modo que ninguém saia prejudicado por este motivo).

          1. Assine a petição por favor, vamos apoiar e obter mais assinaturas!!

      2. Assine a petição por favor, vamos apoiar e obter mais assinaturas!!!!

    2. Espero estar errado sobre você, mas as pessoas que conheço na minha Universidade que vem com esse discurso devem bastante matéria, pessoas que só passam na base da cola, então logo se formar em Engenharia não os farão capacitados para construir edificações.

      1. Vc está completamente enganado, graças a Deus e minha dedicação não devo nenhuma matéria e nunca precisei colar. E quando eu formar vai ser por mérito pq conquistei com muito esforço e dedicação, não estou pagando quase 100 mil pra colar e sair de la sem saber nada não. Acho q vc deveria reconsiderar essa sua conclusão.

      2. Assine a petição por favor, vamos apoiar e obter mais assinaturas!!!

  20. Se sem a comprovação para se obter o CREA vimos até o Sr Sérgio (Ca)Naya erguer prédios com areia de praia, fico aqui imaginando os formandos que entrarem neste filtro…vai ser um massacre pois conheço engenheiro que pensa (e muito) pra fazer uma conta simples de divisão sem calculadora na mão-…

    1. Nenhuma prova vai fazer o eng. ter ou não ética, com certeza ele sabia assim como eu e vc que areia de praia não é pra construção essa é uma questão de caráter é não de conhecimento técnico.

  21. Se sem a comprovação para se obter o CREA vimos até o Sr Sérgio (Ca)Naya erguer prédios com areia de praia, fico aqui imaginando os formandos que entrarem neste filtro…vai ser um massacre pois conheço engenheiro que pensa (e muito) pra fazer uma conta simples de divisão sem calculadora na mão-…

    1. Nenhuma prova vai fazer o eng. ter ou não ética, com certeza ele sabia assim como eu e vc que areia de praia não é pra construção essa é uma questão de caráter é não de conhecimento técnico.

  22. Considerando o nível do ensino (tanto a partir dos docentes quanto dos discentes) especialmente em faculdades particulares que consideram educação como produto de mercado, acho que uma prova seria benéfica para o sistema de ensino e para aumentar a qualidade profissional.

    1. Assine a petição por favor, vamos apoiar e obter mais assinaturas!

  23. Considerando o nível do ensino (tanto a partir dos docentes quanto dos discentes) especialmente em faculdades particulares que consideram educação como produto de mercado, acho que uma prova seria benéfica para o sistema de ensino e para aumentar a qualidade profissional.

    1. Assine a petição por favor, vamos apoiar e obter mais assinaturas!

  24. Sou contra. A não ser que os Engenheiros já em atividade também tenham que fazer a tal prova se não eles perdem o CREA, AÍ SIM. Porque criar medidas apenas para dificultar os recém formados é muito fácil, já que existem milhares por aí com seu CREA na mão! TÍPICO DE BRASIL!

  25. Sou contra. A não ser que os Engenheiros já em atividade também tenham que fazer a tal prova se não eles perdem o CREA, AÍ SIM. Porque criar medidas apenas para dificultar os recém formados é muito fácil, já que existem milhares por aí com seu CREA na mão! TÍPICO DE BRASIL!

  26. Se for para acontecer essa prova que seja tanto para recem formados para obter sua carteira e tambem para os já graduados a alguns anos, realizando uma forma de reciclagem ou ate mesmo renovação da carteira. Com intuito averiguar se estar apto. CuTUCAR é facil para quem não passou por isso e querer derrubar oportunidade dos novos. Direitos iguais

  27. Se for para acontecer essa prova que seja tanto para recem formados para obter sua carteira e tambem para os já graduados a alguns anos, realizando uma forma de reciclagem ou ate mesmo renovação da carteira. Com intuito averiguar se estar apto. CuTUCAR é facil para quem não passou por isso e querer derrubar oportunidade dos novos. Direitos iguais

  28. Sou contra.
    O engenheiro aprende a trabalhar no campo.
    Se fosse assim a prova teria que ser para os que já estão formados.
    E quem faz engenharia sabe, é quase impossível aprender tudo na faculdade.
    Mas com 6 meses de trabalho se aprende tudo que não consigo segui na faculdade.

    1. Cara, me passa seu contato, gostaria de conversar com você sobre essa parte dos 6 meses no trabalho

  29. Sou contra.
    O engenheiro aprende a trabalhar no campo.
    Se fosse assim a prova teria que ser para os que já estão formados.
    E quem faz engenharia sabe, é quase impossível aprender tudo na faculdade.
    Mas com 6 meses de trabalho se aprende tudo que não consigo segui na faculdade.

    1. Cara, me passa seu contato, gostaria de conversar com você sobre essa parte dos 6 meses no trabalho

  30. Normalmenre qm tm opiniões de aprovação cm certeza nem se atreve a fazer um curso de engenharia. Nem sempre qm deve materia é disprovido de inteligência e só de cola não se faz um engenheiro, precisa ter culhão pra mergulhar num curso cmo este.

  31. Normalmenre qm tm opiniões de aprovação cm certeza nem se atreve a fazer um curso de engenharia. Nem sempre qm deve materia é disprovido de inteligência e só de cola não se faz um engenheiro, precisa ter culhão pra mergulhar num curso cmo este.

  32. Infelizmente sabemos que notas e papeis não provam competência nem preparo. Conheço milhares de advogados mesmo com OAB nada conseguiram. Então deixa que o mercado separe o joio do trigo.

  33. Infelizmente sabemos que notas e papeis não provam competência nem preparo. Conheço milhares de advogados mesmo com OAB nada conseguiram. Então deixa que o mercado separe o joio do trigo.

  34. Vocês deveriam ter vergonha de apoiar uma prova que não aufere qualquer certificação de que o profissional é qualificado, tudo para uma reserva de mercado com origens na ganância. Façam-me o favor.

  35. Vocês deveriam ter vergonha de apoiar uma prova que não aufere qualquer certificação de que o profissional é qualificado, tudo para uma reserva de mercado com origens na ganância. Façam-me o favor.

  36. Acredito que seja uma boa idéia.
    Cada vez temos profissionais menos competentes e dedicados. Isso trará um choque de realidade para aqueles que cursam a faculdade na brincadeira.

    1. Você não se dá conta, mas se apoia curso e esses “provões” (com intuito de provar competência e dedicação), entra em contradição. Aí então seria ou uma coisa ou a outra! Explico: quem lhe garante que a tal instituição que realiza o tal “provão” é digna? Um exemplo: o MEC. Nossa educação brasileira é um desastre colosso, quando enfrentada internacionalmente, pois então, o MEC avaliza universidades, mas quem avaliza o MEC?? Sei, não é tão fácil assim, não mesmo? Mas fica melhor adquirindo mais conhecimento antes de sair dando opinião do que não entende-se bem. Que tal ler Leibniz, o príncipe dos autodidatas (e criador do Cálculo, aliás), que não precisou fazer esse provão para mostrar que era competente e dedicado. Ou pode ler mesmo sobre Faraday, que nem faculdade fez. Pode até ler um pouco sobre a Rábula no Brasil criança…

  37. Acredito que seja uma boa idéia.
    Cada vez temos profissionais menos competentes e dedicados. Isso trará um choque de realidade para aqueles que cursam a faculdade na brincadeira.

    1. Você não se dá conta, mas se apoia curso e esses “provões” (com intuito de provar competência e dedicação), entra em contradição. Aí então seria ou uma coisa ou a outra! Explico: quem lhe garante que a tal instituição que realiza o tal “provão” é digna? Um exemplo: o MEC. Nossa educação brasileira é um desastre colosso, quando enfrentada internacionalmente, pois então, o MEC avaliza universidades, mas quem avaliza o MEC?? Sei, não é tão fácil assim, não mesmo? Mas fica melhor adquirindo mais conhecimento antes de sair dando opinião do que não entende-se bem. Que tal ler Leibniz, o príncipe dos autodidatas (e criador do Cálculo, aliás), que não precisou fazer esse provão para mostrar que era competente e dedicado. Ou pode ler mesmo sobre Faraday, que nem faculdade fez. Pode até ler um pouco sobre a Rábula no Brasil criança…

  38. Meu professor comentou sobre a prova… Sou totalmente a favor!

  39. Meu professor comentou sobre a prova… Sou totalmente a favor!

  40. Sou a favor da prova, pois ela lida com vidas!

  41. Sou a favor da prova, pois ela lida com vidas!

    1. Assine a petição por favor, vamos apoiar e obter mais assinaturas!

      1. Qual o site?

  42. E só podia, devido ao ridículo disso. Por ex.: Se é uma tal de “OAB” que permite exercer a profissão de advogado, de que vale então fazer o curso de Direito na universidade, com todas suas provas já feitas etc.??? Eu somente seria a favor dessa prova se qualquer um, não importa de que maneira tenha estudado, se em universidade ou por conta própria, pudesse fazer essa prova. Caso passar, então ganharia seu diploma ali mesmo, pois pensemos bem: se passou, então quer dizer que conhece, e se conhece, então está habilitado para exercer a profissão que conhece, nada mais justo, portanto, do que ganhar seu diploma. Eu acho que esse tipo de “provões” deveriam ser para legalizar os que porventura decidiram estudar por conta própria, tal qual a Rábula fazia no Brasil criança.

    1. Assine a petição por favor, vamos apoiar!

  43. E só podia, devido ao ridículo disso. Por ex.: Se é uma tal de “OAB” que permite exercer a profissão de advogado, de que vale então fazer o curso de Direito na universidade, com todas suas provas já feitas etc.??? Eu somente seria a favor dessa prova se qualquer um, não importa de que maneira tenha estudado, se em universidade ou por conta própria, pudesse fazer essa prova. Caso passar, então ganharia seu diploma ali mesmo, pois pensemos bem: se passou, então quer dizer que conhece, e se conhece, então está habilitado para exercer a profissão que conhece, nada mais justo, portanto, do que ganhar seu diploma. Eu acho que esse tipo de “provões” deveriam ser para legalizar os que porventura decidiram estudar por conta própria, tal qual a Rábula fazia no Brasil criança.

    1. Assine a petição por favor, vamos apoiar!

  44. Eu já ouvi falar antes e pesquisei a respeito. O que encontrei como argumento contrário foi que a engenharia é ampla demais para se criar provas, que teriam que ser ou sobre o ciclo básico ou com um número muito grande de provas diferentes em função da amplitude das especializações.
    E juridicamente o argumento foi que o estágio obrigatório, juntamente com o relatório avalizado por profissional registrado no CREA, somado à obrigatoriedade desse processo para se obter o diploma, por si só já é avaliação suficiente.
    Ou seja, sem estágio, sem relatório, sem aval de profissional, não tem diploma e nem registro no CREA.

  45. Eu já ouvi falar antes e pesquisei a respeito. O que encontrei como argumento contrário foi que a engenharia é ampla demais para se criar provas, que teriam que ser ou sobre o ciclo básico ou com um número muito grande de provas diferentes em função da amplitude das especializações.
    E juridicamente o argumento foi que o estágio obrigatório, juntamente com o relatório avalizado por profissional registrado no CREA, somado à obrigatoriedade desse processo para se obter o diploma, por si só já é avaliação suficiente.
    Ou seja, sem estágio, sem relatório, sem aval de profissional, não tem diploma e nem registro no CREA.

  46. Assim é o Brasil. Uma panela em que poucos querem comer, e seguimos a regra de que quanto menos pessoas nela, mais eu como. Parabéns Ti Nogueira, continue pensando assim, e o nosso país que precisa tão urgentemente desenvolver tecnologia para não depender de outros desenvolvidos, continuará a formar concurseiros para mamar nas tetas do governo, que diga-se de passagem já está sem tetas pra isso.

  47. Assim é o Brasil. Uma panela em que poucos querem comer, e seguimos a regra de que quanto menos pessoas nela, mais eu como. Parabéns Ti Nogueira, continue pensando assim, e o nosso país que precisa tão urgentemente desenvolver tecnologia para não depender de outros desenvolvidos, continuará a formar concurseiros para mamar nas tetas do governo, que diga-se de passagem já está sem tetas pra isso.

  48. Não sou a favor pois na teoria da engenharia quase não se tem como tem na prática em campo. Então só quem estuda engenharia sabe q estou falando. A engenharia Não é Direito pra se basear p livro e leis. Na engenharia Vc cria e não copia!

  49. Não sou a favor pois na teoria da engenharia quase não se tem como tem na prática em campo. Então só quem estuda engenharia sabe q estou falando. A engenharia Não é Direito pra se basear p livro e leis. Na engenharia Vc cria e não copia!

  50. Pra mim, o Crea deveria estar mais voltado a trabalhos que valorizem o profissional. Hoje temos um mercado cada vez mais prostituído onde o “preço” do profissional conta mais do que sua competência. Simplesmente dizem: “Não cabe na DI” e vc que aceite baixar seu salário, ou terão mais 3 na porta para ocupar sua vaga (principalmente em tempos de crise). Essa prova iria favorecer aos que não dividem seu tempo entre trabalho e estudos e não aos que já estão atuando e são direcionados a uma área específica. Sabemos bem que a Engenharia diversificada e nem todos querem atuar na mesma vertente.

  51. Pra mim, o Crea deveria estar mais voltado a trabalhos que valorizem o profissional. Hoje temos um mercado cada vez mais prostituído onde o “preço” do profissional conta mais do que sua competência. Simplesmente dizem: “Não cabe na DI” e vc que aceite baixar seu salário, ou terão mais 3 na porta para ocupar sua vaga (principalmente em tempos de crise). Essa prova iria favorecer aos que não dividem seu tempo entre trabalho e estudos e não aos que já estão atuando e são direcionados a uma área específica. Sabemos bem que a Engenharia diversificada e nem todos querem atuar na mesma vertente.

  52. É obvio que essa petição vai ter baixo assinantes, há muito mais pessoas querendo o titulo de engenheiro do que realmente ter os conhecimentos de um. Sou a favor de uma prova avaliativa.

  53. É obvio que essa petição vai ter baixo assinantes, há muito mais pessoas querendo o titulo de engenheiro do que realmente ter os conhecimentos de um. Sou a favor de uma prova avaliativa.

  54. Totalmente contra, estou no 9° período de Eng Civil, aprendi muito mais em 1 Ano de estagio doque 4,5 anos de faculdade, isso é apenas algo para tirar mais grana dos estudantes.

  55. Totalmente contra, estou no 9° período de Eng Civil, aprendi muito mais em 1 Ano de estagio doque 4,5 anos de faculdade, isso é apenas algo para tirar mais grana dos estudantes.

  56. Está mais do que na hora,estamos em um momento critico da etucação, em cada esquina um instituição de ensino “vendendo” diplomas de engenharia de produção. Todos sairão ganhando com a implantação.

  57. Está mais do que na hora,estamos em um momento critico da etucação, em cada esquina um instituição de ensino “vendendo” diplomas de engenharia de produção. Todos sairão ganhando com a implantação.

  58. Concordo plenamente, tive as melhores notas na faculdade, muito esforço e dedicação, pois me preparava para algo do tipo, aliás isto seria muito bom para os bons e dedicados profissionais ou mesmo os bons e dedicados alunos.

  59. Concordo plenamente, tive as melhores notas na faculdade, muito esforço e dedicação, pois me preparava para algo do tipo, aliás isto seria muito bom para os bons e dedicados profissionais ou mesmo os bons e dedicados alunos.

  60. Lamentável, falarmos da criação de um exame para medir a qualificação dos futuros Engenheiros é, em um primeiro momento, ingênuo, pois todos nós sabemos que os exames da OAB nada mais é que mera arrecadação de grande monta. Seria perfeito que as instituições de ensino fossem responsáveis não só pela formação de tais profissionais, como pelo nível de qualificação. Infelizmente, os títulos auferidos na conclusão de um curso superior, estão cada vez mais banalizados atualmente. Lembro-me dos péssimos professores que tive que ouvir durante minha formação e penso o quanto seria desagradável ser avaliado depois de uma deficiente contraprestação dos serviços acadêmicos. Vivemos uma época onde os bons profissionais estão se tornado verdadeiras lendas.

  61. Lamentável, falarmos da criação de um exame para medir a qualificação dos futuros Engenheiros é, em um primeiro momento, ingênuo, pois todos nós sabemos que os exames da OAB nada mais é que mera arrecadação de grande monta. Seria perfeito que as instituições de ensino fossem responsáveis não só pela formação de tais profissionais, como pelo nível de qualificação. Infelizmente, os títulos auferidos na conclusão de um curso superior, estão cada vez mais banalizados atualmente. Lembro-me dos péssimos professores que tive que ouvir durante minha formação e penso o quanto seria desagradável ser avaliado depois de uma deficiente contraprestação dos serviços acadêmicos. Vivemos uma época onde os bons profissionais estão se tornado verdadeiras lendas.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Carreira