DestaqueDestaque + Editor's PickEngenhariaEngenharia Civil

Quem nunca se perguntou o que é regularização de obra?

0

A regularização de obra é feito com a finalidade de legalizar a situação de edificações que não possuem licença prévia na prefeitura, no entanto segundo a lei de zoneamento e o código de obras de cada cidade, funcionando como uma identidade do imóvel.

Hoje podemos verificar o crescimento acelerado das construções irregulares e para isso não precisamos ter muito conhecimento técnico para identificar.

Na maior parte das irregularidades que encontramos são construções sem os recuos mínimos obrigatórios pelo código de obra, além de construções que muitas vezes ocupam o terreno por inteiro.

Uma a obra construída dentro dos parâmetros, mas sem alvará, paga-se uma taxa, equivalente a duas vezes o Alvará de Construção e o Habite-se.

Por outro lado uma obra construída sem os parâmetros, sem alvará, paga-se uma taxa, esquivante a três vez o Alvará de Construção e o Habite-se.

Regularização de Imóveis

Antes de mais nada você deve sabe quais os documentos necessários para regularização de uma obra. 

Os casos mais comuns, estão realmente a de falta de documentação, entre eles:

  • Escritura;
  • Projeto Aprovado;
  • Alvará;
  • Habite-se;
  • E outros documentos para averbação do imóvel; 

Porém, o importante na regularização de obra é especialmente tirá-lo da situação de clandestinidade, evitando que o proprietário seja notificado e possivelmente autuado.

Dessa forma um processo de regularização de um imóvel requer a assessoria de um profissional credenciado pela Prefeitura Municipal e pelo CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado) ou CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil).

Gabrielle Ferreira
Engenheira Civil, formada na UniMetrocamp. Pós Graduada em Estrutura de Concreto e Fundações pela Inbec. Adora conversar, escrever, fazer novas amizades. Hoje trabalho com Legalização de Obras, Combate a Incêndio , Acessibilidade e Reformas.

Engenharia genética: como ela atua na prevenção de doenças

Previous article

3 MOTIVOS PARA VOCÊ TER UMA PLOTTER NO SEU HOME-OFFICE / ESCRITÓRIO

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaque