publicidade

publicidade

Sair de um acidente em menos de um minuto, será que é possível?


Você mal começou a procrastinar no trabalho, mas gente já tá por aqui: a terça feira tá muito chuvosa aqui no Rio, mas as equipes já estão a toda no segundo dia de Shell Eco-Marathon Brasil 2018.

E hoje a competição começa pra valer. As equipes ainda não entraram em pista, mas os carros serão inspecionados e tudo deve estar certo. Tamanhos, pesos e principalmente os itens de segurança.

E falando em segurança, um detalhe curioso: os/as pilotos devem estar preparados para sair do carro mais rápido do que do que você sai da sala de aula ou do trabalho na sexta-feira, tendo apenas um minuto para sair inteiramente da cabine, então tá rolando aquele treinamento intensivo.

Nós temos um livro com 80 páginas de regras técnicas que devem ser seguidos pelos estudantes.” – diz Shanna Simmons, Diretora Técnica Global da Shell para a Shell Eco-Marathon Brasil 2018. Segundo ela,  a chave para o passar pela inspeção é prestar atenção em pontos-chave, especialmente a segurança, como freios, cintos de segurança e barras de proteção.

Pode parecer besteira, já que os carros não chegam a uma velocidade tão alta. Mas quando estamos falando de combustível, cada detalhe é importante para garantir que tudo dê certo no fim do dia.

Ah, e por aqui também tem muito carro movido a bateria, e o cuidado não é menor. As baterias devem estar sempre cobertas por material anti-chamas e a equipe da Shell não deixa ninguém carrega-las supervisão. Se tem bateria de telefone que pega fogo, imagina a bateria de um carro desses, o estrago que não faria, não é mesmo?

Acompanhe com a gente aqui no site, no YouTube (está rolando um monte de vídeo bacana por lá!) e também no Instagram e no Facebook. Em breve, mais novidades.