0

A maioria das plataformas de petróleo estão localizadas a quilômetros da costa. Além disso, desempenham atividades complexas como a de perfuração, produção e tratamento de petróleo e gás.

Vale ressaltar também que além de fazer essas atividades, é necessário que a plataforma se mantenha estável em alto mar e operando 24h/dia, ou seja, sem parar.

Segurança plataforma

Assim, essa grande complexidade de atividades envolvendo várias áreas da engenharia gera grandes riscos para a segurança do trabalho nesses locais.

A segurança dos colaboradores nas plataformas de petróleo

Nas plataformas de petróleo existem os mais diversos tipos de profissioanais. Há colaboradores das áreas de saúde, mergulho, engenharia, hotelaria, gastronomia, entre outros.

Por mais diferentes que sejam os profissionais e suas áreas de atuação, todos eles precisam passar por treinamentos padronizados de segurança do trabalho.

Segurança

Além disso, para que se possa trabalhar embarcado, as empresas exigem que os trabalhadores possuam cursos como os de salvatagem e de escape de aeronave submersa.

Ambos os cursos citados acima preparam os colaboradores para situações de emergência em que seja necessário o escape com segurança da plataforma, aeronave ou embarcação de transporte.

Principais riscos

Incêndios

O risco de incêndios é a principal ameaça para uma plataforma, pois oferece perigo tanto para os trabalhadores quanto para a plataforma que pode ser destruída por completo.

Esse risco se deve ao manuseio de produtos inflamáveis como o petróleo e o gás natural. Além disso, este último é armazenado sob altas pressões, o que aumenta os riscos associados.

Assim, todas as plataformas devem seguir um rigoroso protocolo contra incêndios. Isso porque o risco é alto e o prejuízo é imensurável, já que envolve vidas.

Vazamento de gases

Durante o tratamento primário do óleo, que ocorre nas plataformas, pode haver a liberação de gases tóxicos como o sulfeto de hidrogênio (H2S), monóxido de carbono (CO) e dióxido de carbono (CO2).

Dessa forma, o vazamento de gases representa um grande risco à saúde dos trabalhadores comprometendo a segurança.

Assim, exige-se o planejamento de uma rede de encanamento para que esses gases sejam tratados e não ocorram vazamentos.

Exposição solar

Grande parte das atividades em plataformas petrolíferas são executadas em sua superfície ou até mesmo no próprio mar.

Dessa forma, há uma exposição solar elevada, demandando obrigatoriamente a utilização de EPIs para que os riscos sejam minimizados.

Explosões

Esse risco está relacionado ao de vazamento de fluidos inflamáveis. A grande complexidade das tubulações e armazenamento de óleo e gás torna a tarefa de evitar vazamentos bastante complicada.

Nesse contexto, não é difícil encontrar casos de plataformas petrolíferas que sofreram com explosões.

Como minimizar os riscos nas plataformas de petróleo?

Apesar de haver vários riscos ocupacionais, existem medidas que podem ser adotadas para minimizar e prevenir acidentes nesses locais de forma significativa. Vejamos algumas delas a seguir!

Utilizar Equipamentos de Proteção Individual (EPI)

A utilização do EPI pelos colaboradores nas plataformas é essencial pois existem riscos em todas as atividades realizadas.

Além disso o uso do EPI assegura a saúde do funcionário e reflete no conforto durante o desempenho das tarefas. Ou seja, pode aumentar a produtividade.

segurança

Os principais EPI’s utilizados nas plataformas de petróleo são os respiradores, óculos de proteção, capacete com jugular, luvas de proteção, calçados de segurança, protetor auricular e vestimentas de segurança.

Realizar a Análise Preliminar de Risco

É extremamente importante que a administração da plataforma de petróleo, antes de receber colaboradores, faça uma análise qualitativa e quantitativa dos riscos.

Além disso, deve-se fazer uma análise das causas e efeitos dos acidentes que podem ocorrer na execução das atividades e como evitá-los para garantir a segurança.

Dessa forma, pode-se dar mais ênfase aos acidentes que ocorrem com mais frequência e que acarretam em maiores prejuízos.

Isso permite uma maior eficiência na prevenção de riscos e uma maior segurança para os trabalhadores.

Capacitar a equipe de trabalho

Buscar treinar a equipe é a chave para a redução do número de acidentes de trabalho e aumentar a segurança.

Assim, é por meio dessa capacitação que os colaboradores aprendem a utilizar corretamente o EPI e a tomar as melhores decisões em situações adversas como vazamentos e incêndios.

segurança

Portanto, após os treinamentos e capacitações relacionadas às medidas de prevenção e segurança, os colaboradores percebem a real importância em adotá-las.

Dessa maneira, os riscos serão minimizados e os acidentes nas plataformas petrolíferas surgirão com uma frequência menor.

Matheus Meneses Mendonça
Sergipano, 25 anos, graduado em Engenharia de Petróleo pela Universidade Federal de Sergipe. Participou de diversos projetos, incluindo uma pesquisa relacionada a eficiência de anti-incrustantes inorgânicos para a PETROBRAS, além de pesquisas envolvendo simulação computacional com os programas Ansys e SolidWorks. Ama viajar, ler, escrever, e gosta de estar próximo de pessoas que possam agregar na vida pessoal e profissional. Seus principais hobbies são assistir e praticar esportes, além de jogos virtuais.

Acidentes de trabalho: O que dia 28 de abril tem a ver comigo?

Previous article

Leilão da Cedae – O maior projeto de infraestrutura do país

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Colunistas