ColunistasDestaque + PopularesEngenhariaSoft Skills

O que são Competências e como usá-las no seu Mapa de Soft Skills – Etapa 3

0

Parabéns, você chegou a penúltima etapa da criação do seu Mapa de Soft Skills! Agora vamos falar sobre o Mapa de competências.

Se você ainda não iniciou o seu mapa de Soft Skills, leia os textos das etapas anteriores. Nesse link você lê o texto da primeira etapa: Objetivos e Metas. E aqui você lê o texto da segunda etapa: Pontos Fortes e pontos a desenvolver.

Já imagina por que falamos sobre Mapa de Competências? Você desenha os seus objetivos, descobre como usar os seus pontos fortes a seu favor e agora quais competências ainda precisa para realizá-los!

Soft Skills – O que significa COMPETÊNCIA?

Antes de tudo você precisa entender o que significa essa palavra, certo? A palavra competência, sofreu alterações ao longo dos anos. Pode parecer estranho, mas o seu significado mudou de acordo com o que, principalmente, o mercado começou a necessitar.

Antigamente, uma pessoa competente, era uma pessoa que tinha bastante propriedade sobre determinado assunto. Ou seja, alguém que tinha conhecimento.

Agora imagino que deva estar pensando: “Mas então conhecimento não é mais importante? ”. Se acalme, claramente o conhecimento continua sendo não apenas importante, como fundamental! O que mudou é que ele sozinho, não é suficiente.

Mas então, como podemos definir uma competência? Um dos mais recentes conceitos foi formulado por Scott B. Parry, em sua obra “The quest for competencies”, em 1996. Em resumo, ele define que é a junção de Conhecimento + Habilidade + Atitude.

Vou explicar melhor. Conhecer, significa saber, ter o conhecimento. Habilidade, significa saber fazer, ou seja, aplicar. Por fim, Atitude, significa querer fazer. Como bom engenheiro que você é, acredito que esteja logo buscando um exemplo prático, acertei?

Vamos falar sobre tocar violão? O que seria o conhecer? Saber como formar os acordes e os ritmos. Habilidade seria aplicar esses acordes e ritmos e transformá-los em uma música. Atitude é tocar! Tocar em festas, tocar sozinho, gravar vídeos. Realmente além de saber e aplicar, mostrar ou executar.

soft skills

Agora que você já sabe o real significado de competência, precisa descobrir qual a combinação ideal para os seus objetivos. Sim, isso nada mais é do que uma fórmula: Competência Técnicas + Competências não técnicas = Resultados. Estamos falando da junção dos Hard e Soft Skills necessários.

Converse com pessoas que tem objetivos semelhantes aos seus, com quem te conhece e convive com você. Além disso, observe e tire suas próprias conclusões sobre as competências que precisa!

Tenha ATITUDE!

Agora vamos para o “x” da questão. Qual é o último item que compõe o significado de Competência? Atitude! Ela mesma, na minha opinião a mais difícil de toda essa equação.

Me responda essa pergunta: Você prefere ter uma estratégia boa e uma execução ruim? Ou prefere ter uma estratégia ruim e uma boa execução? Estamos em um exemplo extremo, mas concorda que na primeira opção você não tem nada acontecendo?

A execução é o que determina o seu sucesso no que faz! Uma boa execução pode transformar um plano ruim em bom. Porém, uma boa estratégia não executada, não tem poder de transformar nada.

Mas por que será que ter a atitude não é tão fácil assim? Separei alguns tópicos que considero como os mais relevantes para que você conclua o ciclo do que chamamos de competência e tenha não só o conhecimento e habilidade, mas também execute, ou seja, tenha atitude

soft skills

Importância que você dá.

Não adianta, o que não é importante para você, não será priorizado! Atualmente, vivemos em um mundo que as 24 horas ou os 1440 minutos do nosso dia nunca são suficientes. Por que você gastaria 1 minuto com algo que você não vê valor? Algo que não tem nada a agregar? Ou seja, encontre uma motivação para aquilo, ou nunca estará entre as suas prioridades!

Importância que os outros dão

O que você faz e ninguém se importa ou ninguém cobra alguma resposta, também tende a não ser prioridade. Ou seja, alinhe expectativas, alinhe o que realmente é necessário

Reconhecimento

Você tem dúvidas que o reconhecimento está entre as principais causas da motivação? E atenção, ele não precisa ser apenas financeiro, pode ser um elogio, uma conversa. Ou seja, o que você faz com muito esforço e não te dá nenhum tipo de retorno, também atrapalha em sua atitude de realizar com consistência.

Medo de errar

Esse é o que paralisa e consequentemente atrapalha na execução. Como você pode evitar isso? Gestão de riscos. “Tente pequeno e erre pequeno” é uma frase do Rony Meisler da Reserva que gosto muito. Se você não está seguro, comece com um pequeno piloto, meça os riscos e vá em frente!

E assim, finalizamos essa etapa do seu Mapa de Soft Skills!

Espero que já esteja colocando em prática e desenhando os seus próximos passos rumo ao profissional do futuro! Esse é o quinto, dos sete textos da nossa série sobre Soft Skills

Mariana Barcelos
Mineira, natural de Araxá, Minas Gerais. 28 anos, igualmente ao seu irmão gêmeo. Engenheira Eletricista, pós graduada em Engenharia de Produção e Gestão Empresarial. Especialista em Soft Skills. Girl power, coordenadora de produção de uma equipe de 60 pessoas. Acelerada, apaixonada por música que se arrisca a tocar Ukulele com aulas do YouTube. Colunista do Blog da Engenharia na área de Soft Skills. Promove em seu Instagram conteúdos sobre Soft Skills - @maaribarceloss -

    Falta de acessibilidade: Vovó alemã constrói rampas de Lego para combater

    Previous article

    Quanto ganha um engenheiro mecânico? (2020)

    Next article

    Você também pode gostar

    Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Mais em Colunistas