ColunistasCuriosidadesEngenhariaSOLIDWORKS

SOLIDWORKS com licença gratuita: Dassault Systèmes doa licenças para ajudar projetistas no combate a COVID-19

0

Conhecendo a Dassault Systèmes

Para ajudar profissionais a elaborar seus projetos frente ao corona vírus (COVID-19), a Dassault Systèmes anunciou a liberação de licenças gratuita para utilização do software solidworks .

Primeiramente, antes de tudo, vamos conhecer quem é a Dassault Systèmes líder mundial em software de projeto 3D, 3D Digital Mock Up e Product Lifecycle Management (PLM), ela começou em 1981.

Após o avião ser apresentado por Santos Dumond através do 14 BIS, com a necessidade de implementação de um processo mais rápido e menos oneroso, surgiu a necessidade da tecnologia mostrar algo novo.

Foi então que surgiu o primeiro produto desenvolvido pela Dassault Aviation. Foi-se elaborado  protótipo com seu próprio sistema CAD, que foi o CATIA- que na época tinha outro nome.

Imagem retirada do site https://www.3ds.com/
Imagem retirada do site https://www.3ds.com/

Depois disso, logo surgiram projetos com empresas gigantescas como HONDA, BMW e BOING.

Atualmente ela atua em vários segmentos diferentes como aeroespacial e defesa, serviços prestados para empresas de tecnologia, construção e cidade.

Além de também atuar em energia e materiais, bens de consumo e varejo, ciência da vida, transporte e mobilidade, marítimo e offshore.

Seus produtos são CATIA, SOLIDWORKS, NOTIA, DELMIA, SIMULIA, GEOVIA, EXALEAD, 3VIA, BIOVIA entre outros.

Motivos da doação de licenças  do solidworks

O objetivo inicial para doação das licenças para o solidworks é para incentivar projetistas a elaborarem projetos que ajudem ao combate na COVID-19.

Ou seja, injetar ânimo para que projetistas desenvolvam novos produtos (de preferencia, mais sustentáveis e mais acessíveis) que tenham produção rápida e nacional.

Essa iniciativa vale para toda a América Latina e será disponibilizada por três meses e todas as funcionalidades de criação de projetos e simulação.

Imagem retirada do site https://blogs.solidworks.com/
Imagem retirada do site https://blogs.solidworks.com/

“Nosso grande objetivo, agora, é ajudar a dar forma e vida às ações de combate à crise provocada pelo novo coronavírus. O SOLIDWORKS pode ajudar os inovadores a criar soluções, ao permitir que os equipamentos sejam projetados e testados em ambiente virtual”  Alejandro Chocolat, Managing Director da Dassault Systèmes para Brasil e América Latina.

O projeto começou em abril e de acordo com Mario Belesi, SOLIDWORKS Director da Dassault Systèmes para Brasil e América Latina, já estão vendo os resultados , como por exemplo projetos para respiradores e equipamentos hospitalares.

Outro ponto interessante de analisarmos é que com as licenças, os usuários tenham suporte de uma equipe de especialista, para que as ideias cheguem mais rápido às pessoas.

IMPORTANTE: saiba como participar.

Para participar do projeto, os interessados devem entrar em contato com os revendedores locais da Dassault Systèmes.

Além disso, os responsáveis pelo projeto também podem encaminhar suas solicitações para o e-mail LATAM.BR.Marketing@3ds.com.

A mensagem deve conter um breve descritivo da iniciativa e os dados de contato para suporte e atendimento. Todos os pedidos estão sujeitos à análise e disponibilidade da companhia.

Sobre o solidworks

imagem retirada do site https://www.datech.pt/
imagem retirada do site https://www.datech.pt/

É um software de uso CAD (computer-aided design) , que se baseia em computação paramétrica, criando formas tridimensionais. Nele você pode criar diferentes objetos como, sólidos, peças e superfícies.

Com ele você pode fazer também simulações por meio de testes virtuais para verificar possíveis falhas, pois a modelagem é fácil e prática.

Além disso, você pode consultar o site oficial do solidworks e verificar a disponibilidade de softwares para testes e também versão estudante.

Uma visão geral do desafio do Gerenciamento de Resíduos sólidos gerados pelos infectados com COVID 19

Previous article

A inquietude das reformas tem solução

Next article

Você também pode gostar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Colunistas