ColunistasCuriosidadesDestaqueDestaque + Editor's PickDestaque + PopularesEngenhariaEngenharia AeronáuticaTecnologia

SpaceX entra na disputa do turismo espacial

2

Quem pensou que a disputa do turismo espacial tinha se encerrado – pelo menos momentaneamente, se enganou. No dia 15 de setembro de 2021, decolou a histórica missão Inspiration4, da SpaceX. O objetivo? Nada mais nada menos que colocar quatro civis na órbita da Terra. Detalhe: nenhum astronauta profissional os acompanhou.

A missão

Às 21h02 daquele dia, o foguete Falcon acionou seus nove motores a partir da plataforma LC-39A do Centro Espacial Kennedy para levar a cápsula Dragon rumo ao espaço.

Decolagem do Falcon.

Dando uma volta na Terra a cada 90 minutos, ficaram a cerca de 575 km de altitude, mais alto que a Estação Espacial Internacional e que o telescópio Hubble, com uma velocidade acima dos 27.000 km/h, mais de 20 vezes a velocidade do som.

Após três dias no espaço, a Dragon girou 180 graus e começou a frenagem para a gravidade da Terra os “puxarem de volta”. Às 20h06 do dia 18 de setembro, a cápsula pousa na costa da Flórida, com o auxílio de quatro mega paraquedas.

Ao contrário de outras missões, os tripulantes não se preocuparam quanto à pilotagem, uma vez que foi realizada diretamente da Terra.

Histórico

Talvez Elon Musk, que acompanhou todo o processo na NASA, tenha tomado a dianteira nessa corrida, já que os voos de seus companheiros Bezos e Branson foram suborbitais, ou seja, não chegaram a entrar em órbita.

Elon no Centro Espacial Kennedy.

Além de ter colocado civis amadores em órbita, a missão também teve outro marco: foram os seres humanos que chegaram mais longe, desde o programa Apollo, que teve a Lua como destino.

Tripulação

Jared Isaacman: 38 anos, bilionário, que financiou toda a viagem, foi comandante da missão e é CEO de uma empresa de pagamento.

Sian Proctor: 51 anos, piloto da missão e cientista, já participou de pesquisas para a NASA.

Hayley Arceneaux: enfermeira que enfrentou um câncer quando criança e teve uma prótese colocada em seu joelho. Tem 29 anos, portanto é a americana mais jovem a ir ao espaço.

Chris Sembroski: 41 anos, engenheiro de informação que serviu na Força Aérea Americana.

Da esquerda para direita: Sembroski, Proctor, Isaacman e Arceneaux.

Conforme divulgado pela SpaceX, todos eles passaram por intensivos treinamentos voltados para astronautas particulares.

Então, pontos de vitória para Musk.

Cayo César Nascimento Santos
Graduado em Engenharia Civil com ênfase em estruturas de concreto. Pretende fazer mestrado em Engenharia Aeronáutica. Atua na área de construção civil geral. Possui cursos de Matemática Aplicada, Orçamento de Obra, AutoCAD, Eberick, QIBuilder, Revit e Sketchup, desenvolvendo projetos em BIM.

    Cientistas criam holograma que pode ser tocado e sentido!

    Previous article

    Estagiários de engenharia de grande empresa dão dicas de como ser aprovado no processo

    Next article

    You may also like

    2 Comments

    1. @Cayo este assunto será tema para muitas discussões! Parabéns pela elaboração do artigo.

      1. É verdade! Obrigado por disponibilizar seu tempo para ler, Lucas!

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    More in Colunistas