CarreiraReview de Engenheiro

Testamos o Novo Honda City EXL, preparado para conhecer?

0
7.7
imagem do produto

Novo Honda City EXL

O Honda City foi um dos primeiros sedãs intermediários e que, desde o seu lançamento, em 2009, teve uma aceitação boa. Agora, o carro está em sua segunda geração, que recebeu uma renovada. Para comprovar, o Blog da Engenharia testou o Novo Honda City EXL. Aperte os cintos e confira nossas impressões neste texto.

+ Honda City

Apesar de chegar ao mercado brasileiro há pouco tempo, o Honda City é de 1981. A sua base é a do Honda Fit, um modelo compacto, que recebe alongamentos. A segunda geração chegou ao Brasil em 2014 e, após um período um pouco tenebroso com venda estagnada, ele recebeu algumas modificações e voltou com tudo para conquistar seu espaço e competir com seus concorrentes diretos, como o Virtus (Volkswagen) e o Cronos (Fiat).

+ Novo Honda City EXL

O Novo Honda City foi lançado em 5 versões diferentes: DX, Personal, LX, EX e EXL. A versão que o nós testamos foi a ELX, que é a topo de linha.

+ Tecnologia

A central multimídia tem 7” e as opções AndroidAuto/Apple CarPlay. O ar-condicionado digital Full Touchscreen. Há, ainda, tomada de 12V e duas entradas USB que ficam próximas à alavanca do câmbio.

Novo Honda City EXL

Foto por @eduardocavalcanti

Outros itens presentes no veículo são: câmera de marcha a ré com três ângulos de visão, piloto automático (cruise control), rebatimento elétrico dos retrovisores e volante multifuncional. Os freios dianteiros são a disco e os traseiros a tambor e o sistema de freios é ABS (Antilock Brake System) e EBD (Eletronic Brake Distribution).

+ Motor

O motor do Novo Honda City EXL é em alumínio, 1.5 16V SOHC i-VTEC FlexOne. A potência é de 115cv (gasolina) e 116cv (etanol), com 6000 rpm em ambos, e torque de 15.3/4800kgf.m/rpm.

O câmbio automático é CVT e possui simulação de marcha e paddle-shifts para troca manual. O consumo médio é de 12,3km/l (gasolina) e 8,5km/l (etanol) na cidade e 14,5km/l (gasolina) e 10,3 km/l (etanol) na estrada.

+ Segurança

No quesito segurança, o Novo Honda City EXL é, basicamente, o único na categoria que possui 6 airbags (frontais, laterais e de cortina). Há, ainda, cintos de segurança de três pontos para todos os ocupantes traseiros. Porém, enquanto o número de airbags é um ponto positivo, ele deixa a desejar pela falta dos controles de estabilidade e de tração, que já estão presentes nos concorrentes. Além disso, também não há assistente de saída em rampas.

A falta desses itens foi, provavelmente, o maior pecado da Honda ao remodelar o City. Esperava-se que ele seguisse a mesma tendência do Fit, que recebeu o controle eletrônico de estabilidade (ESP) quando foi atualizado. No entanto, no City, o ESP não é oferecido nem como opcional.


Leia também: BDE Review: Civic 2.0 ou Civic Touring 1.5? Conheça a 10ª geração deste modelo da Honda


+ Design externo

Por fora, quase todo mundo repara que o novo Honda City, agora com uma um design que aparenta mais “classe”, parece o Civic, porém mais compacto. Assim, ele agrada muitos consumidores que não possuem o investimento necessário para o Civic.

O Novo Honda City passou por um facelift na dianteira e na traseira. O para-choque foi remodelado e recebeu um desenho recortado. Unindo os faróis, há uma grade frontal cromada com acabamento blackpiano.

Os faróis, que estão mais alongados, são full LED com DRL integrado e lanterna em LED. Eles dão um grande charme ao veículo e proporcionam uma iluminação noturna incrível. Além disso, a assinatura em DRL faz pescoços virarem nas ruas.

Novo Honda City EXL

Foto por  @eduardocavalcanti

As rodas são diamantadas de liga leve, com 16 polegadas e os pneus são do tipo 185/55R16. No total, o Novo Honda City possui as seguintes dimensões: 4,455m de comprimento; 1,485m de altura e 1,695m de largura. Ele está disponível nas cores: Cinza Barium Metálico, Prata Platinum Metálico, Azul Boral Metálico, Branco Tafetá Sólido, Branco Estelar Perolizado e Preto Cristal Perolizado.

Novo Honda City EXL

Foto por  @eduardocavalcanti

+ Design interno

Com distância entre-eixos de 2,6m, o Novo Honda City EXL é bem espaçoso por dentro e acomoda confortavelmente os passageiros. A capacidade do porta-malas é de 536 litros (485 acima da tampa do assoalho e 51 abaixo da tampa).

Os bancos da versão ELX são de couro. O acabamento das portas e transmissão mesclam o couro com material sintético de alta qualidade. Há detalhes internos na cor prata e apoio de braço traseiro com porta-copos.

+ Considerações gerais

O Novo Honda City EXL é bem completo, estável, confortável e charmoso. Assim, ele é uma excelente alternativa para quem busca um sedã mas não quer/não pode investir no Civic. Porém, ele deixou a desejar no quesito segurança, perdendo para os seus concorrentes diretos.

Eduardo Cavalcanti
Engenheiro Civil de formação, empresário, e atua em diversos mercados. É aficcionado por tecnologia e está sempre em algum lugar diferente do mundo (sim, viajar está entre seus maiores hobbies). Já teve uma época em que não conseguia dormir sem assistir a um episódio do Netflix. Hoje, com o empreendedorismo pulsando em suas veias, usa praticamente todo o seu tempo livre consumindo conteúdos relacionados à cases de sucesso e ao mercado financeiro.

HP50G x TI NSpire – Quais as principais diferenças dessas duas calculadoras para engenharia?

Previous article

Review 360 | Saiba o que achamos do Apple Watch Series 4

Next article

Você também pode gostar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Carreira