5

As plataformas low-code foram sem sombras de dúvida uma grande mão na roda para muitos desenvolvedores e entusiastas da programação. A facilidade de montar seus próprios apps que estas plataformas proporcionam conquistou muitas pessoas. Mas, como certa vez disse David Adkin:

“O FUTURO É NO-CODE!”

Isso porque as plataformas no-code possuem muitas vantagens como: são mais adaptáveis, são fáceis de usar e fornecem uma solução mais rápida e prática para um mercado cada vez mais competitivo.

Portanto, confira agora 4 Plataformas no-code para começar a criar aplicativos em 2021.

Draftbit

Image result for Drafbit no-code

Draftbit

O Draftbit é uma plataforma no-code que promete disponibilizar muitos recursos interessantes, um design atrativo e intuitivo, além da opção low-code para quem deseja programar de forma mais customizada.

Apesar de ainda não ter sido lançada comercialmente, o adicionei nesta lista, pois você pode acessar o site oficial da Draftbit e fazer o requerimento de acesso, caso se interesse. Perceba que ela assemelha muito com outra plataforma muito utilizada, o Thunkable.

Além disso, uma das propostas da Draftbit é que a plataforma pretende trabalhar apenas com bibliotecas e frameworks open-sources, inclusive React Native.

Portanto, vale muito a pena conhecer!

Clappia

Image result for Clappia app

Clappia

O Clappia é uma plataforma no-code que o permite criar aplicações customizadas conforme suas necessidades. O interessante desta ferramenta é que, além da facilidade de uso, ela é recheada de muitas funções úteis.

Dentre essas, destaca-se a Coleção de Dados Offline que permite que o usuário trabalhe com um banco de dados local até que o usuário possa se conectar ao Wifi e, assim, atualizar no servidor. Além disso, a usabilidade é bem dinâmica, sendo que para criar um aplicativo, basta escolher os recursos que deseja adicionar ao app, clicar no bloco de software pré-projetado, arrastá-lo e configurá-lo.

No site do Clappia, você pode conferir na página inicial todos os recursos disponíveis pela plataforma que disponibiliza um plano gratuito e mais alguns planos pagos – começando com 7 dólares/mês – e que o permitirão desenvolver suas aplicações com mais recursos.

OpenAsApp

plataforma no-code

OpenAsApp

O slogan desta aplicação traz a seguinte frase: “Criação automática de aplicativos para todos os usuários de planilhas”. Isso porque, o OpenAsApp é uma ferramenta no qual a base de dados da aplicação é baseada em uma planilha como Excel ou Google Sheets.

Portanto, o OpenAsApp é a plataforma no-code ideal para quem manda muito bem em planilhas e deseja se aventurar no universo de criação de aplicativos. Para começar a criar seu aplicativo, basta preparar a planilha ou banco de dados, upar o arquivo e deixar a plataforma te guiar tranquilamente.

Além disso, o OpenAsApp disponibiliza os dados de quantas vezes sua aplicação foi baixada, quantas pessoas estão usando-a, por quais  dispositivos, dentre outras coisas. Tudo em uma dashboard bem intuitiva e dinâmica.

Porém, apesar de muitos benefícios, o preço das versões pagas pode ser um pouco salgado, já que o pagamento é em Euro. Felizmente, há uma versão gratuita, no qual você pode conferir se a plataforma atende suas demandas. Dependendo do projeto pode até mesmo finalizá-lo nessa versão.

Thunkable

plataforma no-code

Thunkable

Apesar do Thunkable ser relativamente antigo, ainda vale muito a pena utilizá-lo em 2021, pois é uma plataforma no-code – e também low-code –  bem completa e com muitas funcionalidades úteis.

A proposta do Thunkable é permitir a criação de aplicações através de programação em blocos, bem semelhante ao Scratch, além de disponibilizar um visual bem intuitivo e fácil de configurar.

Durante minha graduação utilizei esta plataforma para criar um aplicativo de cálculos para conversão de energia em comprimentos de onda para compostos de coordenação, o que mais tarde me garantiu uma bolsa de monitoria em Algoritmos. Posso dizer que o Thunkable com certeza facilitou muito o meu trabalho, por isso sempre o recomendo para quem deseja começar a criar aplicações.

Além disso, deixarei um tutorial do canal Tekzoom para quem deseja se aventurar na plataforma: https://cutt.ly/HkBqfBv

E aí, o que achou dessa lista? Conhece alguma outra plataforma no-code interessante? Deixe aqui no comentários e quem sabe podemos fazer uma parte dois no futuro.


Já segue o Blog da Engenharia no Instagram!

Já me segue no Instagram?

Paulo César Santos
Paulo César é um ludovicense de 23 anos que atualmente cursa Engenharia de Produção na PUC Minas. Foi coordenador de uma ONG de voluntariado, cofundador e web designer da Virgo em 2019 e trabalhou como monitor em 2020, auxiliando outros estudantes de engenharia com algoritmos e programação. Adora tudo que envolve engenharia, gestão de projetos e tecnologia e acreditou que valia a pena compartilhar com mais pessoas um pouco do que anda aprendendo. Sabe escrever em linhas de código, mas há quem diga que pena pra escrever autodescrições.

Conheça tudo sobre: ENGENHARIA ACÚSTICA

Previous article

COVID-19: revelando o invisível com a tecnologia a serviço da cultura

Next article

You may also like

5 Comments

  1. Parabéns, Paulo César!! Artigo muito informativo.

    1. Muito obrigado. Fico feliz de poder contribuir!

  2. Parabéns pela matéria.
    Gostaria indicar um plataforma no-code que pra mim é a melhor, bubbles.io.
    Depois de testar várias me encontrei com essa.

    1. Muito obrigado, Givaldo!! 😃
      Quanto ao Bubble, ele é realmente muito bom e talvez seja a melhor plataforma no-code atualmente. Apenas não o adicionei à lista, pois a proposta era trazer plataformas um pouco menos conhecidas, mas com certeza vale a pena conhecê-lo e sua indicação é super válida!!

  3. […] nestes últimos anos por conta de uma parcela do mercado coorporativo. Contudo, algumas plataformas deixaram a compatibilidade com o software de lado, como é o caso do Teams que não abre no Explore […]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Colunistas