ColunistasCuriosidadesDestaqueDestaque + Editor's PickDestaque + PopularesEngenharia de Agrimensura e CartográficaEngenharia de MinasGeotecniaTopografia

Vale utiliza robôs em suas operações para promover segurança de funcionários

0

Sabemos que a cada dia que passa temos grandes avanços em vários setores da Engenharia. O emprego de robôs em rotinas das empresas se torna uma realidade cada vez mais constante, automatizando processos e muitas vezes fazendo com que funcionários não executem funções nas quais coloquem sua vida em risco.

Pensando nisso, a empresa Vale que é muito conhecida no setor da mineração, está executando vários investimentos para que robôs sejam implantados para auxiliar funcionários em funções de risco eminente. Vem comigo, que te explico mais sobre esses investimentos!

Fonte: pixabay

Tecnologia a favor da segurança!

Primeiramente, o objetivo principal da empresa é que esses robôs sejam empregados em situações de riscos aos trabalhadores. Atrelar a tecnologia com a mão de obra humana, para que as operações sejam mais seguras, é algo que a empresa tem como resultado com esses investimentos.

Portanto, grande parte desses modelos de robôs serão aplicados em funções como por exemplo de manutenção, onde há diversas situações de risco. A meta é, que a Vale se transforme em referência em segurança no setor da mineração.

Conheça os modelos de robôs usados pela Vale.

Atualmente, a empresa está trabalhando com três modelos, sendo dois deles criados pelo Instituto Tecnológico Vale (ITV-Mineração) que parecem muito com “carrinhos”. Além disso, através de um fornecedor internacional, conseguiram um modelo chamado Anymal que foi apelidado carinhosamente pela empresa de “cachorrinho”

É importante lembrar que, o ITV que é o laboratório tecnológico da Vale foi criado em 2010 e desde então vem desenvolvendo soluções automatizadas com robôs, inteligência artificial, drones voltados para operações na mineração. Portanto, esse investimento não é tão recente assim!

robô

Robô Anymal | Fonte: Raphael Portilho- Vale

Robôs sendo utilizados em diversas áreas da empresa.

O ITV em 2015 através de uma parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais desenvolveu um projeto denominado EspeleoRobô, que seria aplicado na área de Espeleologia. Esse dispositivo, era operado remotamente, com câmeras e sistema de iluminação, podendo percorrer terrenos acidentados.

Vale lembrar, que a partir de 2017 esse robô começou a ser testado em outras funções na empresa, como inspeções de ambientes confinados de difícil acesso. O EspeleoRobô já foi utilizado em mais de 15 operações no estado de Minas Gerais, Espírito Santo e no Pará.

A princípio, as operações do ITV estão fazendo tanto sucesso que alguns módulos robóticos foram entregues a NASA para serem validados internacionalmente:

Esses módulos estão sendo validados para seu uso em um desafio internacional de robótica subterrânea. Diz a pesquisadora Maira Saboia, do ITV

robô

Espeleo Robô, criado pelo ITV | Fonte: Divulgação ITV

Futuro da mineração!

Por fim, diversos projetos estão sendo desenvolvidos pela empresa com muito sucesso. O incentivo para que novas tecnologias sejam aplicadas ao setor de mineração, vem sendo feitas. A corrida pela segurança no setor está cada vez mais evoluída e a Vale busca chegar em primeiro lugar nela.

Quer saber sobre mais curiosidades da Engenharia? Você pode clicar aqui e ter acesso aos meus outros artigos. Além disso, você consegue me encontra nas redes sociais: Instagram | Linkedin

Isabela Guedes
Engenheira Civil, especialista em Geotecnia e MBA em Gestão de Obras na Construção Civil. Desde o início da graduação trabalhei em diversas áreas da Engenharia, o que me trouxe uma vasta experiência de sete anos no mercado. Moro atualmente no interior do estado do Rio de Janeiro, possuo 28 anos e sou apaixonada por novos desafios, tecnologia e inovação, séries e games. Produzo conteúdo nas minhas redes sociais com muito humor e de forma acessível para quem não é da área, misturando minhas duas paixões Engenharia Civil e Cultura Pop. Tenho como grande objetivo trazer mais visibilidade para as mulheres na construção civil. Instagram: @isabelaeng

A química da vida: os alimentos e suas cores.

Previous article

Por que ventilar uma mina subterrânea? Parte-1

Next article

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular Posts

Login/Sign up