BDE News

Assine a nossa newsletter

Digite o seu e-mail para receber a nossa newsletter.

Não se preocupe, não fazemos SPAM
Categorias
kanban

O que é e como utilizar um kanban?

A maioria dos gestores são constantemente pressionados para conseguir reduzir os custos de suas operações no dia a dia de trabalho. Saber o que é e como utilizar um kanban pode ajudar muito nesse processo.

Essa é uma ação fundamental para que as empresas consigam aumentar sua lucratividade, tornando-se mais competitivas no mercado.

kanban

 

Para isso, existem diversas soluções que podem ser adotadas e, no artigo de hoje, vamos falar sobre uma, especificamente: a metodologia Kanban.

De antemão, aviso que iremos separar esse artigo em 2 partes para facilitar o entendiemnto.

O QUE É E COMO FUNCIONA O KANBAN?

Em primeiro lugar, a metodologia Kanban é uma filosofia japonesa, criada pela Toyota na década de 1950. A palavra significa “cartões coloridos” — e tem relação com a forma como o método é realizado. Essa metodologia baseia-se na premissa de que se deve ter estoques e produzir somente o necessário para suprir a demanda dos clientes, o que é chamado de produção “puxada”. Sua gestão deve ser feita de forma visual.

A primeira vista, ela funciona por meio de cartões coloridos, como o próprio nome indica, que ficam em um painel localizado em um local no qual todos os envolvidos no processo possam visualizá-lo facilmente. Normalmente, existem dois tipos de controle:

KANBAN DE REQUISIÇÃO

A princípio, esse controle detalha a quantidade que determinado item, em cada processo, deve retirar para realizar o abastecimento correto.

Isso auxilia o controle das movimentações de materiais dentro da empresa, além de melhorar a comunicação entre as atividades do processo produtivo.

kanban

KANBAN DE PRODUÇÃO

É o sinal de que a produção de um item foi autorizada (com as quantidades determinadas), ou seja , nesse caso, cada etapa é sinalizada com a quantidade de cada item que precisa ser produzido.

Quando esse processo acaba, o cartão volta ao ponto de origem e, se houver a necessidade de mais quantidades, elas são informadas no cartão e enviadas para o setor referente à produção do item posteriormente.

Em ambos os casos, cada cor sinaliza uma etapa do processo ou um problema e o que precisa ser feito. Quando a atividade está sendo executada, o cartão referente a ela é colocado no setor, sinalizando o item e a quantidade que foi entregue.

Quando os produtos acabam, o cartão volta ao seu local de origem, dando início a um novo ciclo, que começa com o pedido de mais peças.

Enfim, no próximo artigo falaremos sobre como utilizar o kanban para auxiliar na redução de custos operacionais!

Me diz aí, você utiliza o kanban na sua jornada de trabalho?

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas
pt_BRPortuguese

WORKSHOP ENGENHEIRO PERITO

Conheça o método que engenheiros de todo o Brasil estão usando para trabalhar na justiça recebendo de R$4.375,00 á R$11.547,00.
Sem prestar concurso público!

Fique tranquilo, não enviamos spam!