O melhor das engenharias
BDE News

Assine a nossa newsletter

Digite o seu e-mail para receber a nossa newsletter.

Não se preocupe, não fazemos SPAM
Categorias

Engenheiro ensina truque para você não ser multado em radares

Quem nunca passou em um radar e ficou com uma pulga atrás da orelha em relação a velocidade que foi registrada??? Para saber a hora exata da medição e um truque para não ser mais multado leia este artigo até o final!

Fonte: https://pixabay.com/pt/photos/carro-painel-de-controle-borr%c3%a3o-933269/

Como a velocidade é medida?

A velocidade do automóvel pode ser medida de diversas formas, sendo as mais comuns:

  • Medição por laços indutivos no pavimento;
  • Radar de velocidade.

Mas o que quase ninguém sabe é que nas rodovias brasileiras o sistema mais utilizado é por meio de laços indutivos e não “RADAR”.

Ficou curioso para saber a diferença dos dois? Continue lendo!

Fonte: https://pixabay.com/pt/illustrations/ponto-de-interroga%c3%a7%c3%a3o-pilha-pergunta-1495858/

Qual a diferença dos sistemas de medição?

O MEDIDOR DE VELOCIDADE convencional é implantado com a colocação de laços indutivos no pavimento. Quando o automóvel passa sobre o primeiro laço o medidor registra o momento exato e ao passar sobre o próximo laço o equipamento faz um cálculo muito simples que é ensinado na matéria de física:

D=V x T

(famoso DEUS VÊ TUDO).

Onde:

D= Distância;

V= Velocidade;

T= Tempo.

A distância entre os laços é conhecida, porque os laços são fixos. O tempo entre a passagem em um laço e o outro foi registrado. Por fim a velocidade é apresentada trabalhando a fórmula. V=D/T .

Sendo assim temos a velocidade apresentada nos painéis.

A imagem a seguir apresenta os laços indutivos sendo indicados por setas amarelas e o medidor de velocidade com uma marcação em vermelho.

Fonte: O autor.

Já o RADAR funciona com a emissão de ondas eletromagnéticas. O aparelho é capaz de medir a velocidade através da captação da reflexão de ondas eletromagnéticas que foram emitidas pelo equipamento e refletidas pelos automóveis.

Aquelas “pistolas” utilizadas pela Polícia Rodoviária Federal funcionam desta forma. O alcance pode ser longo e a medição é bem precisa.

Fonte: https://doutormultas.com.br/wp-content/uploads/2019/11/radar-de-velocidade-tipos-e-como-funcionam.jpg

Qual a velocidade máxima permitida?

Devido a existência de falhas no processo de medição os aparelhos são regulados para aceitar uma determinada tolerância que varia entre 5 e 10% do valor indicado na sinalização, sem autuarem os condutores.

Então se o limite de velocidade é de 60 km/h, o condutor pode passar a até 66 km/h que ele pode não ser autuado, mas não é bom confiar nestes números justamente por causa dos erros de medição.

Fonte: https://www.riopreto.sp.gov.br/wp-content/uploads/2019/09/av-de-maio.jpg

TRUQUE PARA NÃO SER MULTADO!

O truque infalível é passar sobre os laços indutivos com uma velocidade abaixo da recomendada!

Porém algumas dicas podem contribuir:

  • Identifique o medidor de velocidade;
  • verifique no pavimento o posicionamento dos laços indutivos;
  • passe com a velocidade indicada sobre os laços;
  • após a passagem o condutor está liberado.

Qual a precisão de um medidor de velocidade?

A precisão varia de acordo com o tipo de laço indutivo implantado. O mercado oferece produtos com a capacidade de identificar até mesmo bicicletas.

É graças a precisão dos laços que é possível diferenciar veículos leves de veículos pesados e por isto existem indicações de velocidades diferentes para cada tipo de veículo.

Este artigo foi produzido pelo Eng. Lucas Ribeiro. Colunista do Blog da Engenharia do tema Infraestrutura Rodoviária. Quer ler mais artigos do nosso colunista, clique no link a seguir: Eng. Lucas Ribeiro

Diariamente tem conteúdo novo nas redes sociais do colunista, então crie conexão e venha aprender mais sobre Rodovias de forma descomplicada:

Instagram: https://www.instagram.com/la_rib/?hl=pt-br
LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/lucasalvesribeiro/

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas
pt_BRPortuguese