0

Saiba agora, mais sobre a Engenharia de segurança do Trabalho. Bora conferir!

Quantas pessoas você acredita que se machucam enquanto trabalham? Já fizeram esses cálculos por nós e a resposta é de arrepiar! 700 mil casos de acidentes no trabalho são registrados por ano, às vezes por doenças ocupacionais, outras pelo manuseio inadequado de equipamentos.

O problema é tão grande no Brasil, que o país é o quarto no ranking mundial de acidentes de trabalho, e alguém precisa resolver isso, não acham?

É por isso que a Engenharia de Segurança do Trabalho, passou a ser uma profissão importantíssima nos mais diversos segmentos, já que programas de segurança devem seguir exigências do Ministério do Trabalho e de legislações estaduais e federais.

Além disso, inserindo conceitos da segurança do trabalho, a empresa torna-se mais produtiva, mais humana, e os empregadores se resguardam de diversos processos judiciais. Todos saem ganhando, não é mesmo?

Engenharia de Segurança do Trabalho

Como, você, Engenheiro de Segurança do Trabalho pode reduzir esses números?

Você será responsável por avaliar riscos, implementar programas de segurança, coordenar e efetuar análise de projetos a serem implantados, em conjunto com as áreas técnicas, recomendando alterações, visando reduzir ou eliminar os riscos de acidentes e doenças ocupacionais. 

Você vai poder também, orientar a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) das empresas e fornecer orientações aos funcionários sobre o uso adequado de equipamentos de proteção individual (EPIs).

E que tal ministrar cursos e palestras para empresas e seus funcionários, vistoriar as áreas de trabalho e criar instrumentos de segurança para a empresa?

Onde você poderá atuar?

Com o constante crescimento da sustentabilidade no Brasil, investimentos em infraestrutura seguem um curso irreversível. Você poderá trabalhar em obras inadiáveis em usinas hidrelétricas e nucleares, rodovias, ferrovias, metrôs, programas habitacionais em escala, portos, aeroportos, silos, etc.

Também vem se mostrando cada vez mais relevante a atuação do Engenheiro de Segurança do Trabalho na prevenção de desastres naturais (chuvas, enchentes, acidentes nucleares etc.).

Nesse sentido, você poderá atuar também como auditor, consultor, perito e gestor de segurança. Já pensou?

Conclusão

Garantir segurança não é só mais uma obrigação das empresas, mas também uma condição para margens de lucro maiores. Já que há também, o comércio internacional exigindo que os produtos e serviços sejam certificados com a agregação de medidas voltadas para a segurança do trabalhador.

Além do crescimento da consciência dos direitos de cidadania e dos direitos específicos dos trabalhadores que conduz à exigência de ambientes seguros e saudáveis.

Sendo assim, a segurança, a saúde e a higiene do trabalho estão em foco na sociedade contemporânea, seja no aperfeiçoamento das leis, na sua execução ou na resolução de conflitos.

Até porque a presença dos profissionais de segurança do trabalho nas empresas é regulamentado por lei, o que permite que suas possibilidades sejam amplas. 


Você segue o Blog da Engenharia no Instagram?

Saiba mais aqui 6 motivos para fazer uma Pós em Segurança do Trabalho!

Engenharia de Segurança do Trabalho

Redação

Dassault Systèmes: Retorno seguro da Filarmônica de Paris

Previous article

A Engenharia Química no combate ao COVID-19

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Colunistas