O melhor das engenharias
BDE News

Assine a nossa newsletter

Digite o seu e-mail para receber a nossa newsletter.

Não se preocupe, não fazemos SPAM
Categorias

Os recentes voos do turismo espacial

Acompanhamos nas últimas semanas uma espécie de corrida para o turismo espacial. Dois bilionários americanos saíram na frente: Richard Branson (Virgin Galactic) e Jeff Bezos (Blue Origin). Vamos entender a diferença entre esses dois voos!

Virgin Galactic: VSS Unity

A Virgin Galactic é um braço do Grupo Virgin e foi criada em 2004 por Sir Richard Branson. Inicialmente, o primeiro voo suborbital era para ter ocorrido em 2009. Contudo, houveram vários cancelamentos, após diversos incidentes e acidentes. Finalmente, o martelo foi batido: o voo foi marcado para o dia 11 de julho de 2021.

Branson apostou em um modelo parecido com um avião comercial, ou seja, decola na horizontal com o auxílio de outra aeronave (VMS Eve) até certa altitude. Logo depois, a nave espacial (VSS Unity) desacopla e segue na vertical até atingir a marca de cerca de 80 quilômetros do solo, como mostra o infográfico elaborado pelo G1.

unity
VSS Unity e a nave-mãe VMS EVE.

Com a insígnia de primeiro voo espacial civil tripulado, a missão Unity 22 decolou na manhã do dia marcado, levando 4 passageiros e 2 pilotos a bordo. Assim que a nave-mãe chegou aos mais de 45 mil pés de altitude, a VSS Unity se desprendeu, ligou seus motores e acelerou a 3.700 km/h rumo ao final da atmosfera terrestre.

Chegando a 86,1 quilômetros de altura em seu apogeu, ficou alguns minutos no espaço, até começar o seu retorno ao espaçoporto no estado americano do Novo México em forma de planador.

vss
Diagramação do voo da VSS Unity. Fonte: O Globo/Editoria Arte.

Após o pouso, Sir Richard declarou:

Com os nossos olhos nas estrelas, vimos cumprido o nosso maior sonho e nosso desafio mais difícil até agora.

Agora, caso alguém queria dar uma voltinha no espaço pela empresa do Grupo Virgin, terá que desembolsar a “pequena” quantia de 250 mil dólares.

Blue Origin: New Shepard

A empresa do bilionário americano Jeff Bezos foi criada nos anos 2000, com a ambiciosa missão de fazer turismo espacial.

Em 2006, a Blue Origin começou o projeto do seu novo veículo. Após 14 testes bem sucedidos e apenas um com uma pequena falha, o voo inaugural foi marcado para 20 de julho de 2021, data de aniversário de 52 anos do pouso da Apollo 11 na Lua.

A bordo estavam Jeff e seu irmão, Mark Bezos, a pioneira espacial Wally Funk, de 82 anos e o único pagante, Oliver Daemen, de 18 anos.

Às 10h12 da manhã, a New Shepard decola verticalmente – e de forma autônoma – de uma base localizada no Texas. Em seu ponto máximo, atingiu mais de 100 quilômetros de altitude, ultrapassando a Linha de Kármán.

A cápsula pousou 11 minutos após a decolagem, sendo auxiliada por três grandes paraquedas para amortecimento, de maneira idêntica ao planejado.

diagrama
Diagramação do voo da New Shepard. Fonte: O Globo/Editoria Arte

A Blue não divulgou o preço de um assento, mas um anônimo pagou 28 milhões de dólares para estar no primeiro voo. Entretanto, o ricaço acabou adiando a viagem por motivos pessoais.

O futuro

Além dos dois já citados, quem também está de olho no comércio aeroespacial é Elon Musk, criador da SpaceX. Entre as conquistas da empresa, a parceria com a NASA é a mais famosa. No final de maio de 2020, foi lançado ao espaço os primeiros astronautas a partir dos EUA desde 1982, através da empresa do bilionário.

musk
Elon Musk.

De acordo com Musk, a empresa entrará no ramo do turismo espacial até o final de 2021. Os passageiros passarão vários dias no espaço, fazendo dando uma volta no globo a cada 90 minutos.

Afinal, está preparado ($$) para dar uma voltinha pelo espaço?

Total
0
Shares
2 comentários
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas
pt_BRPortuguese