BDE News

Assine a nossa newsletter

Digite o seu e-mail para receber a nossa newsletter.

Não se preocupe, não fazemos SPAM
Categorias
woman in black jacket standing on brown field during daytime

EstágiAgro: Estágio no Agro!

Cheguei em uma fase muito bacana da graduação, fase essa onde podemos ter uma noção/testar conhecimentos de determinadas áreas do nosso futuro setor de atuação. O estágio extracurricular/curricular nos ajuda a decidir (mesmo que momentaneamente) o rumo de nossa carreira. Quero dividir com você alguns pontos que podem te auxiliar nessa fase, quando chegar sua vez. Principalmente para você EstagiAgro (estagiário do Agro).

extracurricular,
Photo by Zieben VH

Extracurricular ou Curricular?

Bem, vamos entender o que são eles inicialmente. Um estágio extracurricular é aquele que não tem obrigatoriedade de você realizar, para obtenção do diploma. Porém, talvez este(s) tem grande importância, até mais que o obrigatório. Você pode realizar estágios extracurriculares desde o inicio do curso, para que complemente sua faculdade, pois você verá a teoria sendo posto em prática, e por isso eles tem muita importância, pois são OPORTUNIDADES que você cria.

Atualmente, estou realizando um estágio extracurricular que vem me dando muitos conhecimentos na área de tributos/economia rural. Muita coisa que vi na teoria hoje estou pondo em prática, como por exemplo o ITR (Imposto Territorial Rural), e até mesmo posso ver as mudanças/diferenças do que vi em sala de aula (Sistema, formas de preencher, leis…). Minha supervisora é muito atenciosa e realmente me ensina, tive sorte realmente. Aqui, tenho contato direto com produtores e técnicos rurais, que me ajudam muito a desenvolver a comunicação, além de trabalhar ao lado de outros profissionais como veterinários e agrônomos.

Tenho também, a chance de me capacitar em cursos que esse estágio me proporciona, participar na organização de eventos sociais (fui cerimonialista, falei para +250 pessoas do setor rural) e isso eu só tenho pois estou realizando o estágio (novas experiências e oportunidades). Estou nas fases finais do curso, sinto por não ter realizado antes outros estágio extracurriculares para me descobrir como profissional. Mas, realmente eu não tinha condições durante o curso de realiza-los, mas na primeira oportunidade abracei a chance.

Tenho certeza que eu iria estar me conhecendo muito mais e com certeza ia estar muito mais preparado se eu tivesse realizado outros estágios. Mas, fico feliz de quando tive a oportunidade de não te-la deixado passar em branco. E hoje, posso dividir essa experiência e recomendar para você que está iniciando a graduação, para que se for possível faça diversos estágios, em diferentes área e se descubra, descubra com o que você gosta e o que não gosta de atuar, talvez você descubra sua vocação!

Negativo?

É claro, nem tudo são flores. Você passará por alguns momentos ruins e estressantes, mas lembre que esse será o melhor momento para passar e aprender com essas situações. Mesmo que você não tenha a minha sorte (de ter uma excelente supervisão e time), e seu supervisor ou colegas de trabalho sejam “ruins” ou “tóxicos”, você já vai estar blindado a essa possível situação futura.

Para contornar essas situações, comunique um professor/orientador de sua confiança assim como setores de estágio da sua universidade, para ser orientado como agir e lidar com essas situações, sem estar sozinho.

Estágio obrigatório

“O estágio é denominado curricular quando é obrigatório, isso é, aquele definido como projeto do curso, dentro da carga horária. Ou seja, é requisito para a aprovação e conquista do diploma. Assim, quem desempenha esse modelo, precisa entregar um relatório de performance no fim do contrato”.

abres.org.

Então, coloquei a frase a cima para não me estender muito explicando o curricular, a diferença é que esse você terá que realizar para garantir seu diploma, assim defendendo ele com uma apresentação e relatório para um orientador e banca.

Mas espero que não seja o único que você fará, para que realmente aproveite as chances que tem durante a graduação.

Uma coisa é certa, nenhum deles vão garantir vínculo empregatício, mas você estará mostrando seu trabalho e ganhando experiência na área, que com certeza será um diferencial. E apesar de não ter garantia você poderá sair empregado, ou facilitar futuramente.

Aproveite as chances, não deixe ela passar em branco. Se não tiver ela agora, assim que aparecer abrace.

Quem não é visto não é lembrado!

Frase que ouvia no CreaJr-SC.
Dicas básicas
  • Ouça realmente o que seu treinador está falando;
  • Fique atento ao que está acontecendo no ambiente e aja mais rápido;
  • Pratique o que está se repetindo com mais frequência para não perder tempo com tarefas simples;
  • Pergunte quando não souber como proceder;
  • Proatividade, sempre tente estar um passo a frente nas tarefas;
  • Treine se estiver tento alguma dificuldade em determinado ponto;
  • Seja sincero com seu publico, time e supervisores;
  • Organização, isso só traz benefícios ao seu ambiente;
  • Limpeza, mostre a preocupação que tem onde você está;
  • Vista-se a carater do ambiente que está atuando, isso passa credibilidade;
  • Não ache que sabe tudo e que não pode aprender;
  • Seja humilde;
  • Saiba ouvir críticas.

Esses são pontos chaves que percebo em experiências pessoais/são compartilhadas por amigos, profissionais, professores…

Leia aqui 3 DICAS de estágio!

Total
1
Shares
1 comentário
  1. Adorei as suas dicas Guilherme! Realmente, fazer estágios é muito importante para quem pretende se tornar um grande profissional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas
pt_BRPortuguese

WORKSHOP ENGENHEIRO PERITO

Conheça o método que engenheiros de todo o Brasil estão usando para trabalhar na justiça recebendo de R$4.375,00 á R$11.547,00.
Sem prestar concurso público!

Fique tranquilo, não enviamos spam!