BDE News

Assine a nossa newsletter

Digite o seu e-mail para receber a nossa newsletter.

Não se preocupe, não fazemos SPAM
Categorias

Peça delivery pelo APP receba com DRONE.

Peça pelo APP, Receba com DRONE?

Agência Nacional Aviação Civil – ANAC, concede aval para a plataforma de delivery iFood realizar voos experimentais com drones para entregas.

A ideia inicial é que o drone complemente a operação dos modais tradicionais, realizando a primeira parte da rota das entregas, que será finalizada por um entregador com moto, bike ou patinete.

Drone realizará entregas em duas rotas pré-estabelecidas:

Essas entregas vão ocorrer em regiões específicas, em duas rotas pré-estabelecidas no estado de São Paulo. Uma delas será no perímetro de 5km do shopping Iguatemi de Campinas, entregando pedidos dos restaurantes situados no shopping e cadastrados na plataforma.

Em outras palavras, o cliente pede pelo app e recebe com drone ? Ainda não! Apesar de já ter realizado testes com robôs para entregas ao cliente na Colômbia, no Brasil o drone estará em parte da rota.

O pedido será levado até o topo do prédio, onde é abastecida a aeronave. Uma rota de 400 metros ligará a praça de alimentação do Shopping Iguatemi Campinas e o iFood Hub, uma estrutura dentro do empreendimento que roteiriza os pedidos. A entrega deve levar em média 2 minutos, em um trecho que percorrido a pé poderia ser de 12 minutos.

A partir daí a última parte do trajeto é feita pelos entregadores. A princípio haverá a redução do tempo de entrega sem diminuir o número de pessoas envolvidas no processo.

Da mesma forma, há também uma segunda rota de voo, que inicia no iFood Hub e segue até o droneport de um complexo de condomínios próximo ao shopping. Esse trajeto atravessa uma área florestal, que se fosse contornada aumentaria o tempo de espera do cliente.

Drone irá percorrer parte da rota para reduzir o tempo de entrega.

Surgimento de um novo Modal de Transportes

A aeronave fabricada pela SpeedBird, é capaz de atingir até 50 km/h. Segundo, Bruno Henriques, vice-presidente de inteligência artificial do iFood, a empresa adoraria atender até 100 rotas com apoio de drones até janeiro de 2021. Mas que é fundamental não pular o aprendizado.

Devido ao avanço da pandemia de covid-19, a empresa está avaliando o momento mais adequado para dar início ao projeto, levando em consideração o bem-estar e a saúde de colaboradores e parceiros”, explicou o iFood em nota.

As empresas parceiras da foodtech no segmento de drones, Speedbird Aero e AL Drones, conseguiram as autorizações necessárias e receberam o Certificado de Autorização de Voo Experimental (CAVE) da Anac.

Esse foi um importante passo para construir um projeto seguro, eficiente e economicamente sustentável junto aos nossos parceiros e órgãos responsáveis”, explica Roberto Gandolfo, vice-presidente de Logística do iFood.

Robôs realizam entregas na Colômbia, e Drones no Brasil.

“Nosso objetivo primário é utilizar o drone para trazer mais eficiência para a operação logística. Estamos confiantes na evolução que o uso desse modal combinado a inteligência artificial pode trazer para a empresa”, conclui Gandolfo.

Em conclusão, a plataforma está sendo pioneira em uma alternativa que busca utilizar robôs e drones, e se tornará uma realidade em breve. Em pouco tempo, será provável a expansão para outros seguimentos de entrega. E já podemos dizer que presenciamos na cadeia de suprimentos, o surgimento de um novo modal de transportes.

 

Total
0
Shares
2 comentários
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas
pt_BRPortuguese

WORKSHOP ENGENHEIRO PERITO

Conheça o método que engenheiros de todo o Brasil estão usando para trabalhar na justiça recebendo de R$4.375,00 á R$11.547,00.
Sem prestar concurso público!

Fique tranquilo, não enviamos spam!