BDE News

Assine a nossa newsletter

Digite o seu e-mail para receber a nossa newsletter.

Não se preocupe, não fazemos SPAM
Categorias

Engenharia de Materiais? O que faz esse profissional e em quais áreas pode atuar?

Afinal, o que faz o profissional da Engenharia de Materiais?
Afinal, o que faz o Engenheiro de Materiais?

Qual aluno de Engenharia de Materiais que nunca teve que responder a essa pergunta? Por se tratar de uma engenharia não tradicional, assim como engenharia civil, elétrica, mecânica e de produção, você precisará responder essa pergunta muitas e muitas vezes. Por isso, a pergunta importante aqui é se você, você mesmo, que cursa Engenharia de Materiais ou quer cursar, saberia responder corretamente essa pergunta?

Como definir o profissional da Engenharia de Materiais?

De acordo com isso, antes de mais nada, vou te ajudar nessa missão! Definir o Engenheiro de Materiais é uma missão e tanto, já que quase todas as coisas do mundo são feitas de materiais. O que precisamos entender como base para a explicação é o próprio símbolo da engenharia de materiais, o querido tetraedro. Esse profissional trabalha desde o conhecimento e manipulação da estrutura/ composição dos materiais, trabalhando com o processamento e suas propriedades para aplicações definidas em qualquer projeto de engenharia, isso tudo de forma interdependente. Bem completo este profissional não é mesmo? Este engenheiro é formado para desenvolver novos materiais ou para os aprimorar, de forma otimizada e sistemática, para que possam ser utilizados em específicas aplicações. A divisão básica que os engenheiros de materiais conhecem dos materiais é: metais, polímeros e cerâmicas, ou a combinação de mais de um deles, os compósitos.

Tetraedro da Engenharia de Materiais
Tetraedro da Engenharia de Materiais

Quais são os setores de atuação dos Engenheiros de Materiais?

Porém, outra dúvida muito importante é sobre os setores de atuação dos Engenheiros de Materiais. Um campo de atuação é o setor industrial. As indústrias que mais contratam o engenheiro de materiais é a metalúrgica e a petroquímica. O profissional atua e acompanha todo o projeto produtivo em que o material está envolvido.  Algumas indústrias não possuem laboratórios e mesmo que o profissional não esteja realizando pesquisas científicas, o profissional de Engenharia de Materiais deve sempre participar e acompanhar as pesquisas que estão acontecendo para que esteja se desenvolvendo e se aprimorando na sua área de formação/atuação.

Engenheiro de Materiais na indústria

Este profissional também pode optar por fazer carreira científica como pesquisador, com vagas sendo encontradas tanto em centros de pesquisas como em laboratórios dentro de indústrias. Uma das vertentes das pesquisas mais desenvolvidas ultimamente são materiais sustentáveis, estudando a possibilidade de desenvolvimento de materiais biodegradáveis para a substituição em diversas aplicações já consolidadas pelos plásticos, as embalagens.

Engenheiros de Materiais em laboratórios
Uma das áreas de atuação do profissional da Engenharia de Materiais

Você sabia que o Engenheiro de Materiais pode dar aulas?

Outro setor de atuação do Engenheiro de Materiais é na academia, ou seja, na carreira acadêmica. Para que se possa atuar nas melhores Universidades do país e do exterior, precisa-se estar fazendo especializações, mestrado e doutorado. Uma vez que consiga esse tipo de vaga, o profissional irá, geralmente, desempenhar funções de pesquisador e de professor. A reciclagem de informações desse profissional está correlacionada ao acompanhamento das inovações da ciência e da tecnologia, de forma que ocorra a garantia do seu lugar no mercado de trabalho.

Também outro segmento de atuação importantíssimo é na área de gestão. Durante a graduação, a grade curricular possui diversas matérias de gestão, preparando os alunos para trabalhar na gestão de pessoas, processos, qualidade, tempo e projetos. Não só todas essas áreas de atuação, o Engenheiro de Materiais não está restringido apenas a elas, mas também um profissional requisitado na área de consultoria e em algumas vagas de concursos públicos, como por exemplo, de agências bancárias e da carreira militar. O Engenheiro de Materiais pode apostar na carreira de empreendedorismo também, abrindo sua própria empresa de consultoria ou outras empresas que estejam relacionadas com a área, basta ter foco e ser criativo.

Desse modo, como pode-se perceber, os desafios do engenheiro de materiais são inúmeros e constantes, mas quem ama esta profissão se diverte dia após dia. O mercado de trabalho para quem se forma em Engenharia de Materiais é amplo e dinâmico, precisando sempre dos melhores líderes profissionais para atuarem nos mais diversificados campos da engenharia. Bom, de forma geral é isso! Espero que tenham gostado!

 

 

Total
0
Shares
4 comentários
  1. A engenharia de materiais nao é um tetraedro como vcs falam, a engenharia de materiais é uma parte desse tetraedro.
    50% eng materiais
    50% ciência dos materiais

    Joao Batista
    Eng mat (IFPA)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas
pt_BRPortuguese