BDE News

Assine a nossa newsletter

Digite o seu e-mail para receber a nossa newsletter.

Não se preocupe, não fazemos SPAM
Categorias

Câmera que tira foto de som encontra qualquer barulhinho no carro

camera_1
A câmera de som gera imagens em cores dos ruídos emitidos por qualquer equipamento, sobrepostas à imagem do equipamento. [Imagem: KAIST

A maioria dos motoristas já teve a experiência de ouvir ruído incômodo vindo não se sabe de onde do carro.
O problema pode ser simples o suficiente para ser consertado pelo próprio incomodado proprietário, mas também pode ser grave o bastante para exigir uma ida ao mecânico.
Mas, em qualquer das duas situações, a única coisa que o motorista tem certeza é que o barulho é irritante.
A boa notícia é que a solução já está pronta.
Engenheiros coreanos criaram uma câmera de som, uma câmera capaz de gerar imagens em cores dos sons emitidos por uma fonte qualquer.
A câmera sonora sobrepõe contornos, similares aos gerados por câmeras termais, sobre uma imagem do carro, ou qualquer outro equipamento, mostrando a origem dos diversos ruídos.
Segundo Seok-Hyung Bae e Young-Key, do instituto KAIST, esta é a primeira câmera de som portátil do mundo.
Ela poderá ser usada para detectar barulhos vindos de qualquer tipo de veículo, equipamentos industriais, aparelhos domésticos etc.

A câmera de som é leve e pequena o suficiente para ser usada nos mais diversos ambientes. [Imagem: KAIST]

A câmera de som é leve e pequena o suficiente para ser usada nos mais diversos ambientes – ela pesa 1,78 kg e mede 39 x 38 centímetros.
A câmera em formato pentagonal tem cinco conjuntos espirais com 30 microfones digitais de alta sensibilidade, capazes de detectar fontes de ruído transientes e estacionários.
Um hardware dedicado, baseado na tecnologia FPGA, analisa as ondas sonoras dos diversos microfones, reconstruindo o caminho das ondas até sua origem.
Uma câmera digital comum é instalada no centro da câmera de som, para que a imagem final possa ser uma sobreposição da imagem dos sons sobre a imagem real do aparelho que está sendo examinado, permitindo a identificação precisa da origem de cada ruído.
“Ruídos anormais provenientes de equipamentos industriais têm frequências relativamente elevadas. Nosso aparelho tem uma faixa de medição de frequências altas entre 350 Hz e 12 kHz, o que permitiu reduzir seu tamanho e peso em 60% e 70%,” disse o Professor Bae.
Com a ajuda do instituto onde trabalham, os pesquisadores criaram uma empresa, a SM Instruments, para comercializar a nova câmera de som portátil.

Via

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas
pt_BRPortuguese

WORKSHOP ENGENHEIRO PERITO

Conheça o método que engenheiros de todo o Brasil estão usando para trabalhar na justiça recebendo de R$4.375,00 á R$11.547,00.
Sem prestar concurso público!

Fique tranquilo, não enviamos spam!