BDE News

Assine a nossa newsletter

Digite o seu e-mail para receber a nossa newsletter.

Não se preocupe, não fazemos SPAM
Categorias

Sete verdades sobre o uso da madeira em sua casa

A região sul preserva uma tradição muito forte de casas de madeira e é comum andar pelas ruas da capital paranaense e encontrar casas em Curitiba feitas desse material. Elas são bastante charmosas e ao contrário do que algumas pessoas as acreditam também são bem confortáveis. Se você deseja comprar ou construir um imóvel em Curitiba de madeira, veja aqui algumas verdades sobre esse tipo de material:

– O mercado de madeiras apresenta diversas espécies nobres, entre elas estão: Maçaranduba, Ipê, Jatobá, Peroba-Rosa, Itaúba, entre outras. Caso você opte por algo que seja mais econômico utilize o Eucalipto, que é uma madeira reflorestada, mas que mantém suas características nobres, pois passa por tratamentos para enrijecer, porém, fique atento a uma questão importante: se você deseja utilizar o Eucalipto de forma reta, então desista, pois as madeiras de Eucalipto são vendidas, na maioria das vezes, em forma curva.

– A madeira pode ser utilizada nas estruturas em geral de uma casa, como no telhado, em pilares de sustentação, acabamentos, forros, piso, além de servir para incrementar determinados pontos e deixar tudo mais bonito, entretanto, como dissemos anteriormente, é possível construir casas inteiras que utilizam esse tipo de material. A madeira só não é indicada para áreas que apresentam alta incidência de água, pois ela pode absorver o liquido e apodrecer.

– Se você enfrentar problemas com a madeira que sustenta algum tipo de estrutura é necessário à troca da peça inteira, se o dano for superficial é possível fazer um enxerto seguido de um tratamento para reparar o problema. Procure por profissionais capacitados para realizar esse trabalho em sua casa.

– Quem deseja ter uma casa em Curitiba inteira de madeira pode fazer um tratamento no solo para evitar que os cupins ataquem o local, esse tratamento químico garante em média de 5 anos o afastamento dos insetos próximos a residência.

– A impermeabilização das paredes de madeira deve ser feita com verniz naval, se o local sofre com as chuvas ou a exposição do sol a aplicação deverá ser feita anualmente.

– As espécies de madeira são variadas e suas utilidades também, a Maçaranduba, por exemplo, é perfeita para estruturar uma casa e pode ser aplicada em locais quentes por conta da sua resistência, já a Peroba-Rosa é bastante utilizada na construção de telhados, o Ipê Amarelo é eficiente na construção de escadas, portas e janelas, enquanto o Ipê Roxo é perfeito para paredes.

– A pintura da madeira é bem simples, basta lixar o material, aplicar o selante e utilizar as tintas específicas. Não use os produtos para alvenaria, pois os mesmos podem causar bolhas e descascar. As madeiras que expelem resina natural devem ser secas em estufa, caso contrário, em busca de “respirar” elas também apresentarão bolhas após a aplicação da tinta.

Com essas dicas você já pode pensar na hipótese de utilizar a madeira como matéria prima para sua próxima casa. Se você possui experiência com esse material, participe de blog fazendo um comentário, que certamente, enriquecerá ainda mais nosso conteúdo e ajudará  outros usuários.

Total
0
Shares
3 comentários
  1. É sempre importante ter a certeza da origem da madeira e procurar um tec. De identificação de madeira para reconhecer com propriedade as madeiras a serem usadas mesmo depois de cortadas ou misturadas aproveitanfo ao maximo de sua dureza ou flexibilidade, cor ou piguimento, cheiro natural ou organoléptica, porosidade ou ipermiabilidade propria, tudo isso com avaliação macroscópica feita por especialistas.

  2. Boa tarde, se possível, gostaria que você fizesse um breve comentário sobre a introdução em regiões que não tem uma cultura-clima a favorecer muito bem esse tipo de construção residencial, como por exemplo a região centro-oeste.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas
pt_BRPortuguese