BDE News

Assine a nossa newsletter

Digite o seu e-mail para receber a nossa newsletter.

Não se preocupe, não fazemos SPAM
Categorias
Aquicultura

Aquicultura está mais presente do que você imagina

Certamente são poucas as vezes que você ouviu falar de aquicultura, até mesmo nunca ouviu falar e entrou nesse artigo porque achou o título chamativo ou é um fiel leitor do blog. Pois bem, nesse artigo de hoje você vai ver que é muito comum encontrar a aquicultura em seu dia a dia. 

De forma resumida, aquicultura é o cultivo de organismo aquáticos. (Certamente você pensou em peixes), a resposta é sim e não. Isso porque, aquicultura não abrange apenas peixes, mas também o cultivo de outras modalidades. Um bom exemplo é o cultivo de macroalgas que normalmente, são realizados em áreas do infra litoral. No entanto, as macroalgas são um modelo de como é tão comum de “consumir” um produto proveniente da aquicultura de forma indireta. 

Image by Ronile from Pixabay 

Macroalgas

As macroalgas marinhas são divididas em 3 grupos distintos: Chlorophyta (algas verdes), Phaeophyta (algas pardas) e Rhodophyta (algas vermelhas). 

O alginato é um produto de grande importância comercial, ele é extraído das algas pardas, das quais se extrai o ácido algínico ou alginato na forma de sais de sódio, potássio, cálcio e magnésio. Pode ser amplamente utilizado na indústria farmacêutica de forma inovadora, na indústria têxtil e de papel.  

Por causa de suas propriedades, é utilizado como espessante, estabilizante de emulsões e espumas, agente encapsulante, gelificante, filmogénico e fibra sintética, fixador de perfumes, clarificador de vinhos, adesivos, entre outras capacidades. 

Ágar-ágar

O ágar-ágar, como o alginato, é extraído das paredes celulares das algas vermelhas. Esta pasta transparente e viscosa é utilizada nas indústrias farmacêutica, alimentícia e laboratorial, e também é utilizada como gel emulsificante em: xampus, sabonetes, cremes, cápsulas de comprimidos, creme, gelatina, culturas bacterianas, restaurações dentárias, etc. 

Por outro lado, o ágar-ágar também pode ser usado no campo da microbiologia para cultivar bactérias. Em resumo, o ágar pode ser usado para facilitar a germinação das plantas. 

Uso de ágar-ágar, produzido por produtos proveniente da aquicultura: Cientista foto criado por freepik – br.freepik.com

Alternativa na alimentação 

Alguns países como Estados Unidos, Chile, Japão e China utilizam algas marinhas em seus hábitos alimentares devido ao seu alto potencial vitamínico e mineral. Eles utilizam em seus cardápios algas pardas e verdes. 

Indústria farmacêutica 

Na indústria do peixe, cerca de 100% da pele de peixe é exportada para a produção de artigos farmacêuticos. Isso acontece porque a pele de peixe é a quantidade de colágeno presente nela. 

Portanto, a pele de tilápia é utilizada no tratamento de queimaduras na pele de segundo e terceiro graus. O procedimento envolve a criação de um tipo de camada de colágeno que acelera o crescimento celular e a produção de novas proteínas no local da queimadura.

Zebrafish

Outro ponto interessante a ressaltar é o uso do pequeno peixe que é muito usado no aquarismo que mede cerca de cinco centímetros que é conhecido como paulistinha, peixe-zebra, ou zebrafish, mas o seu nome cientifico é Danio rerio. Esses pequenos peixes ornamentais apresentam, semelhança genética com os mamíferos, inclusive com nós humanos.

Zebrafish, produzido na aquicultura: Imagem de Petr Kuznetsov do Pixabay 

Um estudo do genoma do peixe mostrou que 75% de seus 26.000 genes se assemelhavam a genes humanos. Maior do que o observado em camundongos, amplamente utilizado em pesquisas.  

No Brasil, o Instituto Butantan utiliza dos pequenos organismos aquáticos para acelerar estudos. Durante a pandemia, se tornou uma alternativa o uso do zebrafish para testar segurança de vacinas contra a Covid-19.  

A aquicultura é uma atividade milenar, mas a pesquisa começou a crescer há alguns anos, no entanto ao longo dos anos ainda há muito a ser descoberto e desenvolvido para beneficiar a sociedade de forma significativa. 


Despertou curiosidade de assuntos relacionados a aquicultura e quer em seu Instagram? Clique aqui e confira!

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas
pt_BRPortuguese

WORKSHOP ENGENHEIRO PERITO

Conheça o método que engenheiros de todo o Brasil estão usando para trabalhar na justiça recebendo de R$4.375,00 á R$11.547,00.
Sem prestar concurso público!

Fique tranquilo, não enviamos spam!