BDE News

Assine a nossa newsletter

Digite o seu e-mail para receber a nossa newsletter.

Não se preocupe, não fazemos SPAM
Categorias
SIG-cidades _inteligentes

O papel dos sistemas de informação geográfica (SIG) na construção de cidades inteligentes

Desde que os Sistemas de Informação Geográfica (SIG) começaram a ser utilizados na gestão pública, particularmente nas prefeituras, tiveram como objetivo melhorar a eficiência dos serviços prestados aos cidadãos.

Assim, conhecer o território era, e continua sendo, fundamental para o planejamento e gestão integrada das cidades.

Mas o que é SIG?

Este termo originário do inglês Geographic Information SystemGIS – é um conjunto de sistemas de softwares e hardwares capazes de produzir, armazenar, processar, analisar e representar inúmeras informações sobre o espaço geográfico, tendo como produto final mapas temáticos, imagens de satélites, cartas topográficas, gráficos e tabelas.

SIG
Etapas SIG “clickgeo”

Pera ai!!!

Tá ok, agora eu já sei o que é SIG.

Mas o que é uma cidade inteligente?

Podemos afirmar que não existe um conceito único sobre o que são cidades inteligentes, mas existe um ponto de vista comum de que uma cidade inteligente deve ter como foco a melhoria da qualidade de vida da sua população.

E para isso deve-se compreender todas as temáticas de mobilidade, infraestrutura, saneamento, educação, saúde, segurança, meio ambiente, cultura e entre outras que envolva a gestão pública de uma cidade.

CIDADE INTELIGENTE
Exemplo de setores que podem ser impactados dentro de Cidades Inteligentes

Por que o uso desta tecnologia se faz tão importante?

É o fato de que os dados por ele armazenados e analisados possuem seu posicionamento espacial definido, permitindo a caracterização do território municipal segundo dados específicos para cada localidade.

O detalhamento espacial é, contudo, um dos principais desafios, pois muitas das informações necessárias para a gestão municipal não possuem este detalhamento.

Por isso, cabe, também, aos gestores a geração destes dados por meio de estudos específicos e de sua disponibilização para acesso público.

A análise espacial de dados se constitui, portanto, como um dos principais instrumentos tecnológicos para a integração de dados e o ordenamento territorial dos municípios brasileiros.

Possibilitando assim diagnósticos consolidados das atividades de planejamento. Os indicadores selecionados e as metas estabelecidas podem também ser representados espacialmente.

SIG
Modelo SIG “clickgeo”

Permitindo um melhor entendimento dos compromissos acordados e seus impactos no território. Além de permitir conhecer melhor a cidade e seu contexto.

Os dados espaciais são essenciais para que se possa avaliar as propostas e metas estabelecidas nos planos municipais e para seu monitoramento ao longo do tempo.

SIGs o grande aliado das cidades inteligentes?

Podemos afirmar que o SIG é uma tecnologia indispensável para a gestão de uma cidade, pois é uma ferramenta que serve para dar suporte aos processos e nortear a tomada de decisão.

Como a maioria das questões possui uma componente de localização, tem-se intensificado a adoção de ferramentas baseadas em SIGs. Assim, possibilitando a aplicação de investimentos de forma consciente priorizando áreas essenciais à população.

Fala aí… Gostou do artigo? Você acha que os SIGs realmente são importantes para o desenvolvimento de cidades mais inteligentes? Comenta aqui em baixo! Queremos saber a sua opinião sobre o assunto.

Total
2
Shares
1 comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas
pt_BRPortuguese