BDE News

Assine a nossa newsletter

Digite o seu e-mail para receber a nossa newsletter.

Não se preocupe, não fazemos SPAM
Categorias
silver corded microphone in shallow focus photography

Dicas para fazer uma boa apresentação acadêmica

Engana-se quem acha que o curso de engenharia envolve apenas cálculos, provas e listas de exercícios. Muito pelo contrário, existem várias matérias que passam longe do quesito exatas, e é justamente nesse ponto que muitos estudantes tem dificuldade. Ou seja, montar uma apresentação e falar sobre um assunto em questão, é motivo de dor de cabeça para a maior parte dos acadêmicos de engenharia. 

Então, por conta disso decidi trazer algumas dicas de como montar uma boa apresentação, e como usar ela a seu favor na hora de mostrar seus projetos acadêmicos.  

Monte um roteiro 

Geralmente, os professores passam alguns temas e juntamente o que eles querem saber de seus alunos, ou seja, tudo o que obrigatoriamente deve conter na apresentação. Dessa forma, montar um roteiro sempre ajuda, ainda mais quando essas apresentações forem em grupo. 

Apresentação
Fonte: Polina Zimmerman

Mas Pamela, como assim montar um roteiro? 

É muito simples, você deve pontuar tudo o que será incluído nessa apresentação. Como por exemplo, iniciará com uma capa, depois vem uma introdução, definição do tema proposto, exemplos, curiosidades e conclusão.  

No entanto, suponhamos que o assunto seria patologias em pinturas. Certamente você traria a definição, os tipos de patologias mais frequentes, as causas, a solução para o problema e como evitar essa patologia, seguida de uma conclusão. Em suma, esse seria seu roteiro básico e objetivo. 

Imagens demais e textos de menos 

Apresentação de trabalho parece sempre ser sinônimo de leitura em voz alta. Por acaso você se identifica com essa frase? 

Então, não vai me dizer que você nunca pensou “vou colocar trechos de textos nos slides e na hora eu leio”! Esse é um dos maiores e mais frequentes erros em apresentações tanto acadêmicas quanto profissionais. Sabe por que? Porque você está ali para mostrar que domina o assunto que está sendo falado. Dessa forma, acaba mostrando nitidamente que sabe do que está falando, que estudou e desenvolveu realmente o trabalho. 

Em contrapartida, se coloque no lugar de quem está assistindo, vai dizer que não é entediante ver uma apresentação cheia de texto. Onde o apresentador está olhando para a parede e lendo o que está escrito e você também acaba lendo junto. Dessa forma, no final das contas tudo vira uma leitura em grupo, e lembre-se que esse não é o objetivo! 

Então, minha dica é: Pegue todo o seu material pesquisado e defina assuntos chave, na hora de montar a apresentação, utilize tópicos com palavras e frases curtas. Igualmente, use e abuse das imagens, elas ajudaram também você a lembrar melhor do que quer passar. 

Em suma, lembre-se que os slides estão ali apenas para te dar apoio e para você conseguir passar coisas legais sobre seu assunto de forma visual, porém o foco ali é você! 

Recursos para montar uma boa apresentação 

Nesse tópico, decidi trazer alguns sites que trazem recursos ótimos para montar apresentações mais didáticas e modernas. Até porque, você deve mostrar que não apenas domina o assunto, como também chamar a atenção de quem está assistindo. Então, anota ai essas dicas! 

Prezi 

Esse foi o primeiro software diferente que utilizei para montar uma apresentação na faculdade. E confesso que fiquei deslumbrada com tanta opção visual que ele oferece. Em suma, o site disponibiliza três funções principais, que é o Prezi Present que possibilita a criação de apresentações om movimento e zoom, já o Prezi Video faz com que você apareça ao lado da sua apresentação enquanto apresenta seu conteúdo, e é uma ótima pedida para as apresentações online. E por último o Prezi Design que traz funções para montar gráficos interativos, mapas, infográficos e relatórios. 

Prezi – Wikipédia, a enciclopédia livre

O melhor disso tudo, é que você pode usá-lo de forma online e gratuita. O site disponibiliza muitos recursos e templates gratuitos, e caso você queira aproveitar mais as funções que ele oferece, pode fazer a assinatura e baixar o aplicativo para usar quando estiver off-line.  

Canva 

Esse, na minha opinião é o site mais completo para quem está procurando por novidades e milhares de ideias. Basicamente, o Canva é uma plataforma de design gráfico que permite aos usuários criar gráficos de mídia social, apresentações, infográficos, pôsteres e vários outros conteúdos tanto de apresentação quanto para redes sociais por exemplo. Além disso tudo, ele disponibiliza muitas imagens, fontes, estilos, e templates ficados em assuntos específicos, onde você pode modifica-los conforme a sua necessidade. 

Assim como o Prezi, o Canva também está disponível de forma online e gratuita, e você também pode assinar para utilizar melhor todos os recursos disponíveis. 

Então, se você quer fugir do famoso Power Point, vale muito a pena testar uma dessas opções para montar ótimas apresentações!

A falta de prática é inimiga da perfeição 

Já sabe né? Assim como para aprender aqueles milhares de cálculos tem que praticar em cima das listas de exercícios, para apresentações não é muito diferente. Então, depois de montar sua apresentação vale separar um tempinho para pratica-la, seja na frente do espelho, seja para as paredes, para sua família, enfim, fale em voz alta, repasse os slides, e pontue seus erros e dificuldades. 

Fonte: Anthony Shkraba

Desse modo, você vai pegando mais segurança, vai montando um cronograma na sua cabeça e controlando seu tempo também. Até porque geralmente o professor determina um tempo máximo que não deve ser ultrapassado. 

É claro que nem sempre você terá tempo para se preparar, e por esse motivo, é de suma importância que você tenha estudado sobre seu tema, dessa forma você saberá como discorrer sobre ele na frente da plateia. A questão aqui, não é decorar e sim aprender sobre o que você está fazendo. Até poque na hora de executar a apresentação, geralmente o contexto muda na sua cabeça, e se você dominar o assunto conseguirá tirar de letra. 

Só vou estudar minha parte 

Geralmente quando os trabalhos são em grupo, cada um fica responsável por montar uma parte do projeto. Porém, isso não quer dizer que você precisa saber só sobre aquilo que vai falar. Afinal, quem nunca foi apresentar um tralho em grupo e no dia um dos colegas faltou, ou na hora da apresentação houve uma mudança na ordem de falas?!

Dessa forma, para você estar preparado o segredo é saber sobre o trabalho todo, e não apenas o que irá falar. Sem contar, que você serve de apoio aos seus colegas, sempre rola situações em que dá um branco e nesse momento toda a ajuda e complementação é bem-vinda. Até porque o trabalho é em grupo! 

Deixando o nervosismo de lado 

Uma das tarefas mais difíceis em qualquer atividade em que você é o centro das atenções ou está sob pressão, é controlar o nervosismo. Você sempre acha que vai errar, gaguejar, falar coisa errada, ainda mais quando envolve muito termo técnico. Sem contar, que é difícil desviar os olhares das pessoas te encarando e aparentemente te julgando. 

Apresentação

Então, algumas dicas nesse momento são que além de você se preparar estudando e praticando a sua fala, é tentar quebrar o gelo com a sua plateia, já ouviu falar em storytelling? Em suma, é uma ótima técnica de apresentação onde o apresentador envolve sua plateia fazendo com que eles se identifiquem com o que está sendo falado basicamente.  

Em contrapartida, outras atitudes simples que você pode ter é não ficar olhando diretamente para as pessoas, porque geralmente somos levados pelas reações que a face delas fazem. Então procure um ponto neutro para ser seu foco. Além de também pensar que todos ali estão no mesmo barco, todos terão que apresentar em certo momento e no fundo grande parte das pessoas estão tensas também.  

Uma última dica, é você pensar que ninguém ali melhor do que você pode falar sobre o assunto, afinal quem o desenvolver foi você. Por isso é importante estar preparado didaticamente e ter uma boa apresentação, sem leituras e enrolações, assim passará mais segurança para o público. 

“Encher linguiça” não é o melhor caminho 

Já vi muitas apresentações, onde as pessoas tem o costume de falar algo, e logo depois repetir a mesma coisa usando outras palavras. Vejo isso como uma forma de matar tempo e literalmente “encher linguiça”. Ou quando o trabalho é em grupo, o colega acabar falando da parte que seria de outra pessoa, automaticamente depois acabará tendo uma repetição de falas. 

Por analogia, simplesmente porque a pessoa não está preparada e fica achando situações vagas para discorrer sobre. Assim como fazer vários slides com textos é como andar em círculos, você possuir falas repetitivas acaba sendo enrolação.  

Então, corra longe desse conceito, procure ser claro e objetivo nas suas falas. De forma com que quem esteja assistindo sinta interesse pelo seu tema. Isso mostrará também que você sabe o que está fazendo! 

Nota boa não é o único objetivo em uma apresentação

Não desenvolva seus trabalhos e apresentações pensando apenas na nota. Leve isso como uma experiência para sua vida, as por que? Porque essa é uma forma de você desenvolver sua comunicação, suas habilidades cognitivas, a forma com que você passa informações para frente, e o controle emocional principalmente.  

O sentido disso tudo não é obter apenas notas máximas, é você aprender passando pela experiência de ter que ensinar. Então, espero que essas dicas possam ajudar você a desenvolver boas apresentações e ter ótimas experiências! 

Total
0
Shares
5 comentários
  1. Parabéns, Pamela! Gostei demais do artigo, inclusive vou testar o Prezi heheh
    Montar uma apresentação que prende o ouvinte é mais que importante e essas dicas nos ajudam a transmitir o conhecimento (o dom mais que especial) de fácil compreensão para nossos ouvintes.

  2. Essas dicas para controlar nervosismo são muito boas!! No meu caso, desde criança eu tentava sempre colocar piadas no meio das apresentações. O problema era que algumas não encaixavam e aí ficava o maior climão hahahaha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas
pt_BRPortuguese

WORKSHOP ENGENHEIRO PERITO

Conheça o método que engenheiros de todo o Brasil estão usando para trabalhar na justiça recebendo de R$4.375,00 á R$11.547,00.
Sem prestar concurso público!

Fique tranquilo, não enviamos spam!