O melhor das engenharias
BDE News

Assine a nossa newsletter

Digite o seu e-mail para receber a nossa newsletter.

Não se preocupe, não fazemos SPAM
Categorias

Inovação em tempos de crise: Um novo olhar para engenharia – PARTE 2

A crise nem sempre é fácil de ser superada, porém, algumas pessoas conseguem ver oportunidades nela! Um novo olhar para a engenharia pode vir de inovação em tempos de crise e, conforme prometido no artigo anterior, alguns exemplos inspiradores serão aqui apresentados.

Inovação em tempos de crise: Um novo olhar para engenharia

Fonte: https://www.publi.com.br/6-tendencias-de-mercado-que-podemos-esperar-apos-a-crise/

Oportunidades na crise

Primeiramente, não podia deixar de citar o nosso querido Eduardo Cavalcanti, criador e colunista do Blog da Engenharia! Logo no início da crise, viu uma grande oportunidade surgir e acreditou nela!

Mesmo sendo engenheiro civil, saiu de sua zona de conforto, como sempre faz e investiu em uma indústria de matéria prima para fabricação de álcool em gel. Em poucos meses, ampliou seu mercado e hoje distribui para todo o Brasil!

Fonte; https://www.instagram.com/p/CIdsncvFNGd/

A “Covid Solutions Community” foi idealizada por um grupo de arquitetos e engenheiros com a intenção de unir pessoas, durante a pandemia. De um lado quem buscava os serviços e de outro quem poderia oferecê-los.

A ideia foi concretizada em tempo recorde e ajudou centenas de pessoas. Inicialmente só tinha o propósito social, mas em uma segunda etapa a intenção é gerar lucratividade para todos.

São seus idealizadores: Maria Candelária Ryberg, Arquiteta e Urbanista; Catalina Ryberg, Engenheira Automotista; Nicolas Ignacio Ryberg, Estudante de Engenharia Elétrica; Jennifer Ryberg, Arquiteta e Urbanista e Lukas Belck, Estudante Engenharia de Controle e Automação.

https://www.instagram.com/p/CIIsHThAYTV/

Allan Assad, Engenheiro Mecânico, viu uma oportunidade criando a FSW Modelagem e Automação com a Fórmula Solidworks. Ele empenhou um único dia para projeto e em uma semana a empresa já existia e começava a fornecer protetor facial para a área da saúde!

Com a intenção de ter uma maior produção, fez parcerias com pequenos empreendedores com impressoras 3D e em pouco tempo conseguiu uma produção recorde, auxiliando milhares de profissionais da saúde.

Mais uma vez, a intenção no primeiro momento foi de ajuda comunitária, mas que posteriormente se tornará uma atividade lucrativa.

Um novo olhar
https://www.instagram.com/p/B-SxcMznGfo/

Nem tudo são flores

Mas como entender o que aconteceu no mercado com tantas mudanças?

Com a chegada da Covid 19, dentro da indústria, para que fosse possível o distanciamento social, alguns equipamentos foram desligados, colaboradores afastados e consequentemente houve uma redução na produção.

Para agravar ainda mais o problema houve a falta de matéria prima, pois, o agronegócio também teve que se adaptar! Isso tudo resultou em uma menor oferta de produtos acabados.

Um novo olhar
Indústria

Por outro lado, a sociedade se confinou dentro de casa, reduzindo gastos de locomoção ao trabalho com a adoção do home office, além dos gastos de alimentação, compras, viagens, entretenimento etc. Ao mesmo tempo, confinadas em casa, as famílias começaram a dar mais valor aos lares.

Primeiro por estarem todos juntos praticamente 24 horas, segundo por começarem a prestar mais atenção aos ambientes internos, uma vez que o lar deixou de ser apenas um dormitório e passou a fazer parte do dia como um todo.

Assim, começaram as pequenas reformas e alteração de mobiliários e ambientes, o que gerou uma maior demanda de produtos. Com a baixa produção, o resultado foi uma oscilação de preços nunca vista antes!

Um novo olhar
Mercado consumidor

E como resolver uma alta na procura e baixa na oferta? Para agravar ainda mais, os protocolos sanitários que tiveram que ser implementados na indústria, corroboraram com o aumento de preços, devido ao aumento de custos de produção. O desequilíbrio econômico estava implantado!

Alguns exemplos esse desequilíbrio: o vergalhão de aço teve alta de 130%; os cabos elétricos de cobre, alta de 35%; o bloco cerâmico para alvenaria, alta de 100%; tubos e conexões de instalações hidráulicas, alta de 40%. Sem contar outra infinidade de produtos que tiveram uma variação totalmente anormal de preços.

Inovação é a solução para a crise

A única forma de driblar esse cenário era INOVAR! Para isso foi necessário um novo olhar, ou seja, foram necessárias mudanças, tais como: alteração dos projetos; revisão de cronogramas; antecipação de compras; alteração de materiais; mudanças na produção etc.

Mas como já dito antes: nem tudo são flores e algumas empresas e empreendedores tiveram que se adaptar e muitas vezes até mesmo se reinventar para superar a crise! Alguns exemplos inspiradores serão apresentados a seguir.

Um exemplo a ser admirado pela engenharia

Nosso querido colunista Lawton Parente, meu grande amigo, virou a chave completamente! Lawton era proprietário há mais de 20 anos da Empresa Engeterra, cuja especialidade era a recuperação de fachadas. Já tendo recuperado mais de 200 fachadas, com a chegada da Covid 19 se viu em uma situação inusitada.

Um novo olhar
Lawton Parente – Empreendedor

Com os condomínios fechando as portas pra entrada de prestadores de serviço, como sobreviver a tamanha crise?

A solução encontrada por ele foi o encerramento da empresa.

Então, um novo olhar foi necessário para a transformação profissional. Uma transformação que foi consequência de uma crise, mas uma coisa que ele sempre soube: o conhecimento é só dele e isso nada nem ninguém pode tirar! Seu conhecimento veio dar a luz à uma solução!

De executor ele passou a ser um engenheiro consultor! Afinal, todo o legado de anos de aprendizado executando, não foi à toa e sim, trouxe para ele a possibilidade de sucesso atuando em uma nova área!

Os dois lados da moeda

Tudo tem prós e contras, comecemos pelos contras. Não é nada fácil encerrar uma empresa com mais de 20 anos de história, ter que demitir 40 funcionários que foram moldados ao longo dos anos e que eram profissionais exemplares, todo o custo que isso representa, além de parecer ser o fim de um sonho.

O que acompanha isso é uma sensação de derrota e até mesmo uma certa depressão.

Mas toda moeda tem dois lados e em pouco tempo ele começou a perceber que os prós poderiam ser muito melhores do que imaginava, um novo olhar. Como engenheiro consultor ele teve a possibilidade de maiores ganhos com menores custos, pois sua estrutura de trabalho foi drasticamente reduzida.

Ao mesmo tempo as preocupações diminuíram e ele notou que poderia ter uma maior liberdade com a flexibilização de horários de trabalho. Palavras dele:

“em todos esses anos sendo empresário, nunca consegui fazer o que posso agora, folgar quinta e sexta e ir com a família curtir uma bela praia”.

Afinal, ele mora em Fortaleza! Saindo de sua zona de conforto, ele notou que pode ter maior tempo livre e ainda assim uma grande realização pessoal.

O assunto é extenso e outros exemplos maravilhosos virão no próximo artigo! Até lá!

 

 

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas
pt_BRPortuguese