BDE News

Assine a nossa newsletter

Digite o seu e-mail para receber a nossa newsletter.

Não se preocupe, não fazemos SPAM
Categorias

O seis sigma: uma introdução a ferramenta

Inicialmente, se você, caro leitor, acompanha o Blog da engenharia, já leram algum artigo abordando sobre melhoria de processos já se depararam com o termo seis sigma ou six sigma, como uma ferramenta para atingir uma melhor performance. Vamos conhecer um pouco mais dessa ferramenta?

O surgimento do seis sigma

Apesar da metodologia seis sigma ser considerada uma ferramenta, um conjunto de boas práticas, vai muito além disso. Ela também é considerada uma filosofia, pois seu sucesso depende do empenho da alta administração em focar nas necessidades do cliente.

Filosofia seis sigma

E o porquê disto?

A sua origem foi dada através da necessidade da fabricação, pela Motorola, de produtos com maior qualidade e menor custo, o que, como consequência, reduziria o preço para o cliente final.

Posteriormente, com a aplicação do seis sigma, a General Eletrics pode aumentar significativamente seu faturamento, comprovando mais uma vez o poder da ferramenta.

Atualmente, essa filosofia é implantada pela maioria das empresas não apenas para melhora de produtos e processos, mas também em diversas outras áreas.

O que é essa ferramenta?

Quando se tem recursos suficientes para aplicar na melhoria de um processo é muito fácil. Contudo, o seis sigma vem com uma abordagem para atingir as metas de algum processo com poucos investimentos.

O método foi criado baseado no ciclo PDCA, e adaptado para a melhoria de processos já existentes. Neste caso, utiliza-se o acrônimo DMAIC. Sobretudo, além de uma característica estruturada, temos uma característica quantitativa com a aplicação de cálculos estatísticos na obtenção de respostas. 

Ferramenta seis sigma

Logo, os resultados, para que possam mostrar realmente os problemas e falhas, devem possuir dados de entrada confiáveis.

E como sabemos que atingimos a qualidade no seis sigma?

Distribuição normal.

É simples. Quando atingimos a conformidade de 99,99966% da especificação do cliente. Ou seja, quando atingimos a margem de 3,6 defeitos por milhão.

Lean manufacturing x seis sigma

Inicialmente, vamos relembrar um pouco do lean manufacturing!?

Analogamente ao seis sigma, o lean manufacturing busca dar ao cliente um produto de baixo custo e com qualidade em um espaço de tempo produtivo otimizado. 

Contudo, sua metodologia busca atingir as metas reduzindo os desperdícios da cadeia produtiva, ou melhor, os oito desperdícios.

Por outro lado, o seis sigma é focado na eficácia do processo através da redução da variação e dos defeitos.

Lean manufacturing vs seis sigma.

Constantemente, vemos as empresas implementando as duas metodologias concomitantemente.

Graduações

Da mesma forma que ocorre as graduações e níveis nas artes marciais, temos na ferramenta seis sigma. Os níveis são identificados pelas cores das faixas, e, consequentemente, cada cor possui suas responsabilidades.

Para alcançar a faixa acima, a pessoa passa por um treinamento e recebe uma certificação comprovando que a mesma atingiu os requisitos necessários. Como assim? Vamos iniciar do menos para o mais graduados!

O white e yellow belt são, respectivamente, a primeira e a segunda graduação, e correspondem ao nível operacional da empresa. Ou seja, devem conhecer a metodologia para que possam dar o suporte necessário aos green e black belts.

O green belt, já começam a atuar na execução de projetos ligados aos seis sigma, bem como na melhoria contínua destes. O Black Belt já passou a ocupar a  gestão empresarial, dedicando-se exclusivamente ao seis sigma e orientando os belts inferiores.

Por fim, se tratando dos belts, temos o master black belt que possui todas as responsabilidades dos black belts. Todavia, trata diretamente com a alta administração da empresa. A alta administração é dividida em dois graus de hierarquia. Primeiro, temos o champion, que normalmente gerencia a alta administração e principal apoiador dos projetos.

Por último, temos os Sponsors e Acionistas, responsáveis pelo financiamento e aprovação dos projetos seis sigma.

Finalização

Em suma, apenas para reforçar, para que a implantação da metodologia seis sigma tenha um bom resultado, temos que contar com o comprometimento não apenas da alta administração, mas, também com todos os envolvidos no projeto. Assim como, o foco deverá ser sempre no cliente.

Ah! Não poderia deixar de comentar que algumas certificações possuem algumas peculiaridades. Isso quer dizer, para se tornar um green belt a pessoa deve participar de um projeto de três a quatro meses, o que corresponde a um curto prazo. Já os black belts, além de um projeto de curto prazo, devem participar de um de médio prazo, podendo variar de quatro a seis meses. 

Antes que saia da página, não esqueça de curtir e compartilhar o artigo, e, ainda, siga o blog da engenharia em suas diversas redes sociais. Posteriormente, iremos conhecer a fundo a metodologia seis sigma e traremos muito mais artigos com temas similares. NÃO PERCAM!

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas
pt_BRPortuguese

WORKSHOP ENGENHEIRO PERITO

Conheça o método que engenheiros de todo o Brasil estão usando para trabalhar na justiça recebendo de R$4.375,00 á R$11.547,00.
Sem prestar concurso público!

Fique tranquilo, não enviamos spam!