BDE News

Assine a nossa newsletter

Digite o seu e-mail para receber a nossa newsletter.

Não se preocupe, não fazemos SPAM
Categorias
nivea creme on white table

A Engenharia Química na Extração do Canabidiol (CBD): Técnicas, Considerações e Futuro

A engenharia é uma parte crucial do processo de extração do canabidiol (CBD), um composto químico encontrado na planta de cannabis. O CBD é cada vez mais utilizado em produtos de saúde e bem-estar, devido a suas propriedades anti-inflamatórias e analgésicas. A extração do CBD é um processo que requer conhecimento especializado e equipamentos específicos para garantir a qualidade e a pureza do produto final.

Existem várias técnicas de extração utilizadas para produzir CBD. Algumas delas incluem:
  • extração por solvente;
  • extração por CO2;
  • extração por hidrotratamento.

Cada uma dessas técnicas tem suas próprias vantagens e desvantagens, e é importante escolher a técnica adequada para a produção de um determinado produto.

A extração por solvente é uma das técnicas mais antigas e amplamente utilizadas para produzir CBD. Neste processo, os solventes orgânicos, como a etanol, são usados para extrair o CBD da planta. A vantagem desta técnica é que ela é relativamente simples e barata. No entanto, há um risco de contaminação com resíduos de solvente no produto final, e é necessário realizar etapas adicionais de purificação para remover esses resíduos.

Engenharia
Photo by Kelly Sikkema

Outra técnica comum é extração por CO2. Esta técnica é realizada usando dióxido de carbono supercrítico como solvente. A pressão e a temperatura são ajustadas para produzir um estado supercrítico no qual o dióxido de carbono se comporta como um líquido e um gás ao mesmo tempo. Isso permite que o CBD seja extraído da planta com maior eficiência. Além disso, o CO2 é considerado um solvente seguro, pois é facilmente purificado e não deixa resíduos no produto final.

A extração por hidrotratamento é uma técnica relativamente nova, mas cada vez mais utilizada, que consiste em usar hidrogênio e hidrocarbonetos como solventes. É considerada uma técnica mais limpa e segura, já que não requer a utilização de solventes orgânicos voláteis. Além disso, essa técnica também resulta em produtos de alta qualidade, mas é considerada mais cara e mais complexa comparada com as outras técnicas.

E a engenharia?

Em resumo, a engenharia é uma parte crítica do processo de extração de CBD, pois é responsável por desenvolver e aplicar técnicas seguras e eficientes para extrair este composto valioso da planta de cannabis. A escolha da técnica de extração certa é crucial para garantir a qualidade e a pureza do produto final.

person holding orange and white toothbrush
Photo by Julia Koblitz

Além das técnicas de extração mencionadas acima, existem outras opções, como a extração por meio de água, extração por meio de calor e pressão, e extração com enzimas. Cada uma dessas técnicas tem suas próprias vantagens e desvantagens, e o engenheiro químico responsável pelo processo deve avaliar cuidadosamente as opções disponíveis antes de escolher a técnica mais adequada para a produção de um determinado produto.

Outra consideração importante é a escala da produção. Se a produção é para uso pessoal, pode ser mais vantajoso usar uma técnica simples e menos dispendiosa, mas para uma produção em larga escala, uma técnica mais complexa e cara pode ser justificada pela maior eficiência e qualidade do produto final.

CBD
Fonte: Pexels

Além disso, é importante lembrar que a extração do CBD não é a única etapa do processo de produção de produtos a base de CBD. Outras etapas incluem purificação, testes de qualidade e embalagem. Um engenheiro químico especializado e equipado com os conhecimentos e equipamentos adequados é essencial para garantir que todas essas etapas sejam realizadas de maneira segura e eficiente.

Em conclusão, a engenharia é uma parte crucial do processo de extração do canabidiol (CBD). É responsável por desenvolver e aplicar técnicas seguras e eficientes para extrair este composto valioso da planta de cannabis, e é essencial para garantir a qualidade e a pureza do produto final. Com a crescente popularidade do CBD como um suplemento de saúde e bem-estar, é importante que os engenheiros químicos continuem pesquisando e desenvolvendo novas técnicas de extração para acompanhar a crescente demanda por produtos de CBD.

Continue lendo aqui no Blog da Engenharia!

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas
pt_BRPortuguese

WORKSHOP ENGENHEIRO PERITO

Conheça o método que engenheiros de todo o Brasil estão usando para trabalhar na justiça recebendo de R$4.375,00 á R$11.547,00.
Sem prestar concurso público!

Fique tranquilo, não enviamos spam!