BDE News

Assine a nossa newsletter

Digite o seu e-mail para receber a nossa newsletter.

Não se preocupe, não fazemos SPAM
Categorias

Inteligência Artificial faz atores falarem fluentemente qualquer idioma

A dublagem brasileira é muito boa. Disso não temos nenhuma dúvida! O profissionalismo, habilidade e criatividade de nossos atores de voz tornam nossa dublagem uma das melhores do mundo. Contudo, nada é tão bom que não possa melhorar mais um pouco! E isso pode acontecer em breve graças a uma nova tecnologia que faz atores falarem fluentemente qualquer idioma estrangeiro.

Criada por uma empresa do Reino Unido denominada Flawless, a nova tecnologia está relacionada ao Deepfaking e utiliza Inteligência Artificial para “colar” o rosto de uma pessoa em outra.

Os diretores poderiam, assim, refazer os filmes em outros idiomas adaptando o movimento da boca para cada um especificamente. Alinhado a um excelente trabalho de dublagem, teríamos filmes estrangeiros mais fiéis aos originais com as personagens falando nosso idioma fluentemente. Segundo a Wired, a tecnologia poderia revolucionar como filmes são adaptados a partir de uma língua estrangeira.

Inteligência Artificial
Fonte: Flawless

O nascimento do projeto

Uma das mentes brilhantes por trás da nova tecnologia é o diretor de cinema Scott Mann, que disse que estava cansado de ver versões de seus filmes dublados tão desagradavelmente.  Ele relata em entrevista que depois de ver a dublagem de um de seus mais recentes trabalhos, Heist, estrelado por Robert De Niro, disse que ficou extremamente chocado com a forma como uma dublagem mal feita arruinou uma cena cuidadosamente elaborada por sua equipe.

“Lembro-me de ficar arrasado. Você faz uma pequena mudança em uma palavra ou performance, e isso pode ter uma grande mudança em um personagem, na batida da história e, por sua vez, no filme” – Scott Mann

Então o diretor tomou a decisão de aliar-se ao professor  Christian Theobalt, do Instituto Max Planck de Informática na Alemanha. O projeto iniciou-se com Scott Mann pesquisando vários trabalhos acadêmicos sobre Deepfake, o que por sua vez, conduziu à tecnologia de Inteligência Artificial.

Como funciona a nova tecnologia?

A Arstechnica explica que “o trabalho é mais sofisticado do que um deepfake convencional. Envolve capturar as expressões faciais e os movimentos de um ator em uma cena, bem como de alguém falando as mesmas falas em outro idioma. Essas informações são então combinadas para criar um modelo 3D que mescla o rosto e a cabeça do ator com os movimentos dos lábios do dublador”. Então, no final as cenas são “coladas” no ator em uma cena.

Segundo Mann, a Flawless já está negociando com estúdios a fim de gravar versões estrangeiras de vários filmes. Além disso, informou que a empresa está estudando a possibilidade de utilizar a nova Inteligência Artificial para ajudar os estúdios a evitar refilmagens caras, fazendo com que um ator pareça dizer novas falas.

O projeto é bem interessante! Porém, parece estranho para alguns atores, utilizar Deepfake e Inteligência Artificial para adicionar movimentos falsos de mandíbula, pois segundo eles pode gerar desconexão visual. Mas, e você… o que achou? Deixe sua opinião nos comentários.

Total
0
Shares
1 comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas
plugins premium WordPress
pt_BRPortuguese